segunda-feira, 8 de setembro de 2008

Diário da República renovado

1 - Só por castigo ou dever profissional é que há quem faça do Diário da República uma companhia habitual. O jornal não tem fotografias, é um amontoado de artigos, alíneas e outras coisas que tais e não há mesmo paciência. Mas, de quando em vez, lá vem um texto diferente para desanuviar. Como este:

"Louvo o motorista de ligeiros José Carlos Calheiros Monteiro pela forma competente e dedicada como vem desempenhando há 13 anos as funções neste Conselho Nacional de Planeamento Civil de Emergência. (...) Vem patenteando ao longo destes anos grande dedicação, profissionalismo e sentido de responsabilidade no exercício das funções que estão cometidas, mantendo sempre a viatura de forma impecável e praticando uma condução cuidadosa e segura."

2 - Estes louvores repetem-se todos os dias. Tudo somado, o facto de alguém querer elogiar um funcionário já correspondeu ao gasto de muito papel e ao abate de muitas árvores. Não seria mais fácil uma simples carta de recomendação? Até era melhor para o visado, já que quando tiver de ir pedir outro emprego não dá muito jeito juntar ao currículo o Diário da República. Ainda pensam que tem a mania que é doutor.

3 - Eu até poderia perceber a vontade de quem elogia em divulgar a competência do elogiado. Mas tirando advogados e juízes - e mesmo esses duvido - só malucos como eu é que lêm o Diário da República, sempre à espera de encontrar alguma coisa para implicar.

4 - Uma sugestão minha: porque não mandar publicar também as críticas aos maus funcionários de entidades tuteladas pelo Estado? Eu até dou um exemplo e aposto que o Diário da República poderia tornar-se num sucesso comercial:

"Censuro o motorista de ligeiros Zé Manel Guiador pela forma desleixada e incompetente como vem desempenhando as suas funções. Ao longo dos últimos anos ficou mais conhecido pela forma grotesca como costuma coçar a micose e cuspir pela janela com a viatura em movimento. Além disso, confunde o banco traseiro com uma unidade de inceneração de resíduos urbanos e passa mais tempo com o automóvel no bate-chapas do que em serviço. Por último, é incapaz de controlar a sua flatulência, o que torna qualquer viagem numa experiência deveras desagradável para os restantes passageiros...»

Com tanto por onde pegar nos serviços do Estado, digam lá se não seria um sucesso?

28 comentários:

Paloma disse...

Vim retribuir a visita e voltarei outras vezes. Obrigada por ter aparecido lá no meu "Colar...". Abraços!

Moon_T disse...

Caro Jorge,

As criticas, eles preferem faze-las cara a cara, o que tambem se reflecte depois nos vencimentos.
Certo é que mesmo que nao passe de um mero pro-forma, o reconhecimento profissional é algo que , no meu ver, nunca é demais.

Se para falar bem já é o que é, imagina para criticar... Aí sim queixavas-te de papel, mas visto bem, para isso nao precisam do DR, temos sempre o JN ou o CM e mais uns quantos nao?


ah e já agora... a tiragem do DR já reduziu significavimente sendo agora na sua maioria feita online ou via digital ;)

2cute4you disse...

Se falas no abate das árvores com os elogios...bem,se publicassem as críticas,o Diário da Republica era publicado com vários volumes...

FREYJA disse...

Carissimo,

As coisas que a sua mente rebusca.
È agradável receber elogios ao nosso empreendimento laboral, porém suponho que o referido Sr. motorista ficaria muito mais agradecido com um aumento no ordenadito. Se bem que o mérito é algoo importante enão deveria de ser posto de lado. Um louvor ou um cargo quem sabe. Só espero é que sr.s como este, muito bons motoristas, profissionais na sua área, transmitam aos filhos e gerações mais próximas o que é ter orgulho no que se faz, e quando se faz, faze-lo com dignidade e orgulho. Coisa que, no meu ponto de vista, falta e muito. O brio profissional. Se este anuncio, gasto de papel, abate de árvores, reciclagem, servir para isso, que seja muitíssimo bem vindo e mais frequentemente empregue.


Laborais cumprimentos,

Jorge Pessoa e Silva disse...

Viva Paloma

Serás sempre bem vinda.

Beijinho

Jorge Pessoa e Silva disse...

Grande moon_t


Como é que sabes essas coisas do Diário da República? rs... rs... rs...

Eu acho que isso do reconhecimento nunca é demais, está certo, mas o maior reconhecimento que um funcionário pode sentir é ser promovido... rs...

Podiam também dar-lhe um diploma ou então, publiquem nos jornais, sempre ajuda em publicidade... rs...

Aquele abraço

Jorge Pessoa e Silva disse...

rs.. rs... rs... rs... rs...

Bem visto 2cute4you... rs...

Logo, haveria que profissionalizar o Diário da República do ponto de vista comercial. Comas as brutais vendas que ia ter, uma parcela teria de ser aplicada na reflorestação... rs... Que tal?

Beijinhos

Jorge Pessoa e Silva disse...

Viva freyja

Um ponto prévio: eu prefiro ser tratado por tu, salvo se à pessoa que a mim se dirige não lhe der jeito... rs...

Tocaste no ponto: o aumentozinho faz mais pelo ego do trabalhador do que cem elogios no... diário da república... Ainda se fosse num diário de notícias ou num correio da manhã...

Tocaste num segundo ponto: que bom que todos seguissem o mesmo exemplo profissional. SEu próprio sonho com o dia em que elogiar alguém ou dar-lhe prémios seja tão desnecessário quanto dar-se um prémio a quem lava as mãos depois de as sujar...

Filosóficos cumprimentos

Moon_T disse...

curioso mencionares a questao dos diplomas. cada vez mais neste país há mais diplomas e diplomados, é um facto, agora tanto a veracidade dos mesmos, como a creditaçao dos proprios diplomas cada vez mais é duvidosa.
hoje dia tudo te pode dar direito a um diploma, Tudo... e de que te servem? já temos instituiçoes que creditam os proprios serviços e diplomas. cada vez mais penso que ter um diplma de nada vale.
enquanto que um reconhecimento a nivel do DR tem a sua credibilidade, tendo obviamente as "palavras mágicas".
Obvio que a promoção é a maior amostra de apreço que pode ser dada ao trabalhador/funcionário, mas;

1º- nao ha pura e simplesmente apreço pelo trabalho bem feito. hoje em dia um trabalho bem feito é quando fazes MAIS do que é suposto fazer e mesmo assim "só fizeste o trabalho para que te pagam"

2º- nao haveria tambem cargos ou postos suficientes para as promoçoes todas. Sim! porque apesar de ser obvia a crescente incompetencia neste país, valha-nos que tambem ainda temos bons profissionais.

3º- por ultimo, penso que na maioria das vezes um simples "bom trabalho" seria tomado como elogio e serveria de suave incentivo para quem tem brio no que faz e gosta de o fazer bem feito.


quanto à tua questão (dando aquele toque misterioso...) nao imaginas as coisas que eu sei ;)

vita disse...

looooooooool

Ao ler o moon_t até me perdi do texto..fiquei com curiosidade em saber as coisas que ele saberá..loool

Eh eh, Jorginho mas tu ainda lês esse Jornal..?

Oh querido, sabias que existe online? e não contribuis para o desgaste de papelito..(do teu claro está..lool)..;)

Beijoooo olhito azul

FREYJA disse...

Caríssimo,

O tratar por "você" é uma cortesia que faço a quem não conheço ou tão tenho afinidades. Nao que aprecie o uso do "você". Sendo assim... mudo a retórica.

Bem vou sugerir ao meu chefe, que me retire 0.02€ no meu recem aumentado ordenadito e prespegue no CM, primeira página, um anuncio referente á minha pessoa. EU aproveito a secção dedicada a minha pessoa e faço igual, mas inverso LOL, ou seja, aproveito umas letrinhas pequeninas, brancas em fundo cinza de preferencia, que passam mt rápido no rodapé, e já agora denuncio a incompetência.

O que sinceramente não me parece correcto. Nem o anuncio á minha pessoa, nem tão pouco a incompetencia de terceiros. Tal como o estado faz! Ora publica que "somos muito bons" porque conseguimos reduzir o défice em 0,009% no ano juridico actual, olvidando que muito trabalhadores emagrecem na realidade devido á falta de pão na mesa, ora o oposto; publicação de listas de entidades credoras ás finanças, segurança socia e afins organizações estatais. Concordo que alguns ganharam vergonha na cara... mas de facto a violação da privacidade e exposição publica sao coisas q é de evitar... È quase a mesma coisa que nos violarem a conta bancária á procura de pontas soltas, que de todo não são soltas...
E tal como as cerejas, o post que começou num elogio ao um prezado Sr. Motorista... acabou em critica ao estado e acções afins... Por isso, a bem da elegancia das nossas morais, fico-me com a defesa do argumento do aumento do ordenado. Se lhe quiserem dar um posto tanto melhor, mas ás tantas, anuncio no CM, parece-me exagero.

Cumprimentos a "tu" de "eu",

Jorge Pessoa e Silva disse...

Viva moon_t


Começo pelo fim: não não imagino, mas fico cada vez mais curioso... rs... Para quem é praticamente virgem, e agora não sei se me refira só à parte sexual, o meuj amigo mostra segurança em qualquer dos assuntos aqui abordados.

Em relação aos três pontos que abordaste, limito-me a subscreve-los. E falo por muitos quando digo que eu sei quando faço um bom trabalho. E o orgulho que sinto nisso, quando escrevo aquelas reportagens que correm mesmo bem. O sentimento de vitória é tão saboroso que me basta para sentir-me feliz. A pena é que as minhas glórias duram apenas 24 horas, já que no dia a seguir há outro jornal para fazer e começa tudo de novo... rs...

Aquele abraço

Jorge Pessoa e Silva disse...

Viva Vita

Tentar fazer humor não é tarefa fácil... Nem imaginas o que tenho de ler para tentar sacar uma piada... rs... Olha, os classificados do correio da manhã marcham todos... rs...

Eu não posso estar aqui a defender o uso da versão online, já que eu trabalho em jornal... de papel... rs... rs... Se o patrão não vender e a malta se ficar pela versão online do jornal, tenho de procurar outro emprego... rs...

Beijiiiiinhos

Lis disse...

Eu digo a verdade... eu vou ver o DR quase todos os dias... lol

(agora tas tu a pensar... é doida a miuda... e tens razão!! lol)

Agora a sério, vou lá dar uma espreitadela às ofertas de estágios e emprego no sector público...

E é por isso que continuo desempregada... já viste as coisas especificas que pedem para poderes fazer parte daqueles que passam o dia sentados a roer as unhas...??!!

Mas pronto... considera isto um desabafo!!

Beijinhos

Jorge Pessoa e Silva disse...

Viva freyja

Muito obrigado pela cortesia de teres mudado a rectórica... rs...

Calculo que o aumento tenha sido uma fortuna, tal a loucura que etás na disposição de fazeres ao permitires que te tirem 0,02 euros dos ordenado... rs...

O que eu acho mais curioso na lista de devedores ao estado é que não existe uma lista de dívidas do estado a empresas e particulares. E todos sabemos das enormidades dos atrasos do estado... Além disso, se eu não concordar com uma dívida fiscal, tenho o direito a reclamar. Repito: tenho esse direito. Simplesmente o Estado, enquanto não se decide quem tem razão, mantém o nome na lista de devedores...

De facto, esta e a questão dos louveres, está a ficar muito filosófica. Só não sei se é melhor cingirmo-nos aos aumentos de ordenados, porque aí também nem sei o que dizer sem ser chorar copiosamente... rs...

Cumprimentos salariais, aumentados à taxa de 25 por cento

Jorge Pessoa e Silva disse...

Viva Lis

Desabafa. mulher, desabafa que este espaço também é para isso. De resto, muitas vezes eu próprio desabafo aqui... rs...

Se fosse comigo, apenas um critério seria importante: esse teu sorriso contagiante. Então se for para lidar com o público e com a fama que os funcionários têm, estavas mais do que contratada.

Força miúda (trato-te por miúda com carinho), continua a sorrir muito, cerra os dentes e a tua hora vai chegar. Pode demorar mais tempo do que seria justo; pode não ser já como mereces; mas a vida vai ainda dar tanta volta que um dia vais saborear esse mel inesquecível do triunfo.

Beijinhos

FREYJA disse...

Caro Jorge,

Ora de facto o meu aumento foi suberbo, permite-me tirar 0.02! LOL

Anyways... em relação á lista de dividas do estado, acho que não haveria árvores para abate que chegassem para publicar tamanha lista, até porque é uma never ending list para nossa porca miséria! E mais, o Estado é inconstitucional na prática porque, muito againts ao código e valores, para o Estado, o Cidadão é sempre culpado até prova em contrário! Daí que enquando os Tribunais decidem após uma reclamação do simples cidadão... o nome continua na lama. Para além de Inconstitucional, é Porco!

Em relação ao teu ordenadito.. é como o meu, dispenso bem 0,02€, porque se forem ,03 já faz falta!

Cumprimentos insubordinados,

Jorge Pessoa e Silva disse...

Viva freyja

Subscrevo e aplaudo tudo o que disseste... Há cerca de um mês formámos aqui um governo, irresponsavelmente liderado por mim... Ainda tenho vagas para uma das secretarias de estado. É só escolheres, se aceitares. O objectivo não é sermos um governo competente, antes um governo bem disposto que ponha os portugueses a rir e aumente a produtividade... rs...

Cumprimentos de Estado

Canuca disse...

Em vez de disso publicam em qualquer jornal diário para quem quiser ler, as reformas fantásticas que têm, sinceramente há dias que acho que estão deliberadamente a gozar comigo lollol.

Eu acho que isto tudo é muito gasto de papel e n serve para porra nenhuma, bastava um aumento no ordenado, o motorista agradecia e ficava com a real sensação que o seu esforço e empenho eram devidamente reconhecidos.

Beijinhos

Jorge Pessoa e Silva disse...

Viva Canuca

"há dias que acho que estão deliberadamente a gozar comigo"

Acabaste de ganhar o prémio optimismo e ingenuidade do mês de Setembro. Eu estava convencido que gozavam todos os dias... rs...

A falar somos bons, até, às vezes, para elogiar. Já para abrir os cordões à bola... rs...


Beijocas

FREYJA disse...

Caro Jorge,

De antemão agradeço o teu convite mas de facto para secretária basta a minha (mesa note-se). A não ser que se assemelhe em tudo ao Real Estado das coisas, em que possa fazer férias, ter ordendÂO, regalias até cair para o lado e faltar quando me apetece. Não excluindo claro os subornos e papéis passados por debaixo da mesa a fim de inclinar o meu voto, parecer ou opinanço á cerca de matéria referida. Se assim for, conta comigo.
Se for para ser um desgoverno idóneo, imparcial, correcto, astuto e sensato, compreensivo, DEMOCRÀTICO e absolutamente JUSTO.. bem aí teria de pensar melhor, pois assim, o peso em minhas costas seria enorme... mas para quem já assim é na vida real, em nada custa se-lo blogueiramente.

Mediante o supra citado... Onde é que se assina?

(se for para pagar cotas só no caso de serem 0,02€ / mês)

Desgovernados Cumprimentos,

Jorge Pessoa e Silva disse...

Viva Freyja


Aqui não se assina com caneta, apenas com uma gargalhada... rs... E a única competência que se exige a quem quiser fazer parte desde (des)governo é a capacidade de rir e de fazer rir. Nenhum de nós quer salvar o país, a não ser da sua própria loucura e do cinzentismo que lhe começa a tolher as ideias. Quermos apenas viver num País onde possamos respirar, onde possamos rir, onde possamos acreditar que, se calhar, nascemos com direito a ser felizes.

Cumprimentos completamente desgovernados

PS - Uma gargalhada por dia é a única cota exigida para ser fazer parte deste patido... rs...

FREYJA disse...

Caro Jorge,

Assim sendo deixo aqui, oficialmente a minha gargalhada comemorativa do desgoverno!


Hilariantes Cumprimentos,

Lis disse...

OBRIGADO!!!
por essas palavras!!






beijinhos

Jorge Pessoa e Silva disse...

Viva lis

Obrigado eu, por esse sorriso contagiante... Se sorrires assim para toda a gente, mesmo para quem não merece, e se sorrires assim para todas as situações, mesmo que não te apetece, de certeza que será menos difícil.

Beijinhos

Jorge Pessoa e Silva disse...

Viva freyja


Assim sendo, muito folgo que tenhas aceite pariticipar neste governo... rs...

Cumprimentos galhofantes (nem sei se a palavra existe... rs...)

Canuca disse...

Não é optimismo, muito menos ingenuidade lol...é que n leio o jornal todos os dias lolol ;).

Beijinhos

Jorge Pessoa e Silva disse...

Canuca, linda, e não fazes compras todos os dias... rs... rs... rs...

Beijinhos