quarta-feira, 3 de setembro de 2008

Atirei o pau ao gato

De quando em vez lá vem a discussão sobre a influência que imagens violentas ou de sexo têm sobre as crianças. Culpam-se as televisões, mas, por exemplo, ninguém se preocupa com as canções que cantamos aos nossos filhos. Ainda hoje me sentei ao piano e comecei a cantar à minha filha um dos temas favoritos dela. Com aquela cara de parvo que todos colocam quando se dirigem às crianças, mas no meu caso é mesmo porque eu gosto de ser natural. E comecei a cantar:

“Atirei o pau ao gato...”

Esperem aí... Eu acabei de cantar à minha filha, com ar feliz e aparvalhado, que atirei um pau a um gato? Cheira-me que vamos ter cenas de violência...

“Mas o gato não morreu”

Estão a ver? Eu atirei mesmo para matar... Só que devia ser tão vesgo ou ter tão pouca força que o gato não morreu. E se tivesse morrido? Atirava mais paus até acabar com as outras seis vidas? Onde está a protecção dos animais? Quando é por causa dos touros até fazem manifestações; já quanto a uma tentativa de matar gatos nem um comunicadozinho...

“Dona Chica assustou-se,
com o berro que o gato deu”


Primeiro, a minha filha até se ri só de imaginar a cara da dona Chica assustada. Segundo, a letra é completamente anti-pedagógica. Querem ver?
- Meninos, hoje vamos falar de animais», diz a educadora. E continua: Pedrinho, como faz o cão?
- Ladra, senhora professora.
- Muito bem. Luisinho, como faz o lobo?
- Uiva, senhora professora.
- Muito bem. Joaninha, como faz o gato?
- Berra, senhora professora...

26 comentários:

Jacinta disse...

Olá,
estou passeando pelo seu espaço. Gosto do que vejo, a começar pelo nome, RIO LOGO EXISTO. Então, viva o riso e viva a existência.
E,paro aqui, nesse texto, e reflito. Confesso que ainda não tinha parado para pensar no que vc aponta, e percebo que, de fato, de forma velada ou escancarada - como em atirei o pau no gato, retransmitimos algo de violento.
Voltarei mais.
Um abraço
Jacinta

Anónimo disse...

Hum... pois, às vezes penso no raio da letra dessa canção que todos nós adoravamos... Quer um conselho? Aproveite a música e faça com que a letra fique a favor do gatinho, uma coisa amorosa, sei lá... Eu até sei que aí por casa, se gosta imenso de animais..;)

A.J. disse...

XD
loool ja estou a imaginar a cara da professora com tal resposta...
ate me fazes chorar
:'D

2cute4you disse...

Verdade...mesmo os desenhos animados andam com conotações sexuais muito evidentes!!
Depois quem se lixa somos nós que perante as questões dos putos temos que ir buscar justificações onde não lembra ao diabo!!

Jorge Pessoa e Silva disse...

Jacinta Dantas

Na altura em que você escreveu o comentário eu, imberbe, ainda não respondia. Lamento não o ter feito, espero que continue por aqui, tantas as visitas que recebo do Brasil.

Beijinho

Jorge Pessoa e Silva disse...

Viva Carla


É o que vou fazer:

Dei uma festinha ao gato
E o gato
Adorou
D. Chica
deliciou-se
com a miau
que o gato deu

Beijinho

Jorge Pessoa e Silva disse...

Olá, priminha linda, estás cada vez mais gira, já te disseram?

Já tens um blog? Uau... Estou supercurioso em saber por que caminhos me levas... Achas que estou preparado? Claro que sim.... rs... rs...

Beijinhos

Patrícia Villar disse...

Bom dia Jorge!!!

Olha, quando o meu filho andava no infantário, resolveram alterar a letra dessa canção para:

"Atirei o peixe ao gato mas o gato não comeu"

E pronto, assunto arrumado.

Beijinhos

Jorge Pessoa e Silva disse...

rs...rs...rs...rs..

Viva 2cute4you

É verdade, acho que nós humanos fazemos coisas que nem ao diabo lembra... E depois, pomos a culpa nele... rs...

Eu tenho uma filha de cinco anos que já começa com perguntas algo... surpreendentes... rs... E já não aceita qualquer resposta... rs... Mas enfim...

Beijinhos, amiga, espero que esteja tudo bem contigo

Jorge Pessoa e Silva disse...

rs... rs... rs...

Bom dia Patrícia

Olha, bem pensado... E que tal mudarmos aquela do..

Indo eu, indo eu,
a caminho de Viseu,
encontrei o meu amor
ai Jesus que lá vou eu (comotação sexual...rs...)

Depois vem aquela parte do trás, trás, ora chega, ora arreda lá para trás... rs.. Só carga sexual, ou será a minha mente perversa? rs...

Beijinhos, Patrícia

Pax disse...

Ehehe, não te esqueças de que as ideias de protecção de animais (e, de certo modo, das crianças) até são uma "moda" recente, como a da reciclagem, por exemplo. O mundo da sobrevivência não tinha essas contemplações.
Muitas da histórias infantis eram de autentico terror, com papões, bruxas más e castigos crueis que nem deixavam as crianças dormir!
A crueldade contra o bichano era o minimo, lol.

Beijos :)

provocação disse...

Isto do atirar o pau ao gato teve um auge com o surgimento de mais restaurantes chineses.... era necessário arranjar ingredientes para o menu, não???? Ora com a ausencia de uso e porte de arma para se andar ao tiro aos bichanos e de os gajos serem demasiado rápidos para serem "naifados" só mesmo à pauzada....E a dª Chica tem de ter cuidado com os sustos que ela tem a pressão arterial muito alta...
Boa continuação de férias Jorge!

Anónimo disse...

e que tal esta versão da música:

nãããõoo atirei o pau ao gato, to, to
porque isso, so, so
não se faaaaz
minha mãããeee ensinou-me,me,me
a gostar, a gostar
dos animais, ais, ais!

F R E Y J A disse...

caríssimo,

As usual, gargalhada.

Se assim colocássemos a questão, eu diria mesmo que nos USA's deveriam de abolir a TV, a musica, os jornais, revistas e até mesmo mesmo a Liberdade de Expressão, adoptando assim o Silêncio. Mas... não será que a maldade está na cabeça de quem a vê??

Por isso meus caros, atirem o Pau ao Gato/a, Ide vos a Viseu e Voltai satisfeitos!

Cumprimentos,

vita disse...

Eh eh
As férias estão a fazer-te bem querido, e o tempo de qualidade que passas com os teus pequenos.;)

Gostei da música alternativa.;P

Beijooooo olhito azul

Jorge Pessoa e Silva disse...

Viva Pax

Tens toda a razão, mas então não façamos aquela cara alegre/aparvalhada a cantar esta canção... Se é para meter medo, não resulta, porque as crianças cantam a canção todas contentes... rs...

Beijocas

Jorge Pessoa e Silva disse...

rs... rs... rs... rs..

Viva provocação

Adorei a tua teoria. Ainda por cima, faz sentido... rs...

Beijinhos e obrigada

Jorge Pessoa e Silva disse...

Viva anónimo

Desculpa tratar-se assim, mas como não vinha nome...

Olha, gosto da tua versão... Que devia seguir para o ministério da educação como versão oficial para os infantários. Mainada

Beijinho ou abraço, consoante a hora e o local... rs... Mentira, consoante for mulher ou homem... rs...

Jorge Pessoa e Silva disse...

rs.. rs.. rs...

Viva freyja

Aceito o teu ponto de vista, igualmente interessante. Eu, pessoalmente, prefiro ir a Viseu e Voltar que atirar paus a gatos... rs... Até por ter uma péssima pontaria... rs...

Mas, de facto, na nossa cabeça é que acabamos por fazer muitos filmes... rs...


Beijinho

Jorge Pessoa e Silva disse...

Viva Vita

É verdade... E é um espectáculo... Acreditas que a minha filha, que só tem cinco anos, agora dá em desdafiar-me para jogos de xadrez? E não é que, por norma, ela é que ganha? rs.. rs...

Agora tenho de lhe ensinar a tocar viola e piano. A miúda tem jeito e a gente diverte-se imenso... rs...

Beijiiiinhos

Maria Manuela disse...

os miudos têm coisas do camandro !!!

:D

Jorge Pessoa e Silva disse...

rs...rs...rs...rs...rs..

Viva Maria Manuela... rs... rs...

Sabem-na toda, é o que é... rs... E nem entrei pela machadinha, quem te pôs a mão sabendo que és minha... rs...

Beijinho

Canuca disse...

Esta até n é má, só espero que os paizinhos n se lembrem de cantar a nova (que já n é tão nova assim) da Abelha Maia, esta sim ia causar traumas irremediáveis nas criancinhas lol ;).
Já acho anti-pedagógicos os pais que nada percebem de cantar, tentarem fazer o brilharete lol, quando mais com estas musicas que despertam os piores instintos nos miúdos lol.

Ou será que é nos adultos?!?!? lol

Beijinhos

Léa disse...

Aqui no Brasil também teve essa discussão e inclusive mudaram a letra da música. Só não sei se pegou.
Mas no mundo de hoje se faz tantas coisas feias que atirar o pauzinho ao gato nem choca as pessoas...

Obs.: De minha parte desejo-te boas férias, meu amigo. Andei sumidinha pq passei por uma cirurgia. Mas estou muito bem.
Beijo grande na família toda.

Jorge Pessoa e Silva disse...

Viva Canuca

Qual é a noca da Abelha Mais? Aquela em que ela fica com estragos irreparáveis no dito cujo por causa do Kalimero? rs... rs... Se não for, olha, goatava que me ensinasses... rs...

Das dezenas de canções dedicadas aos miúdos, acho que umas 20 têm conotação neagativa... Na cabeça dos adultos? Talvez... rs...

E aquela do Sebastião que dá pancada na mulher?

Inventaram cada canção... rs...

Beijinhos

Jorge Pessoa e Silva disse...

Viva Lea

Que alegria ver você de novo por aqui. Me manda um email a contar o que se passou. E como está seu pai, tá?

Beijinho grande