domingo, 25 de maio de 2008

Portugal, evidenteminete, não ganhou


E pronto, lá se foi mais um festival eurovisão da canção. Escusam de assobiar para o lado que eu sei que vocês viram e muitos até votaram.

Longe vai o tempo em que ganhavam as melhores canções, agora ganha que tem a melhor claque, os melhores vizinhos.

A madeirense Vânia Fernandes brilhou, mas Portugal não foi além do 13.º lugar. Em compensação, ficámos em primeiro na votação mais sexy, já que somámos... 69 pontos. Evidenteminete, dizem brochelências, que de boca somos nós muito bons.

Espero que se confirme o ditado português que diz que «o primeiro milho é dos pardais». Em Junho há novo festival, desta vez na Áustria e na Suíça. Novamente com um madeirense ao leme e um coro de excelentes vozes, quero ver Portugal chegar à final do Europeu e todos gritarem a uma só voz: «Portugal, 12 pontos».

GOOOOLOOOO.

4 comentários:

La Noia disse...

Eu vi! E não votei! E concordo! Isto das votaçoes foi tudo pelos amiguinhos e ai deixa-me ca votar no visinho se nao ainda me invade!, como dizia um amigo meu!até o comentador(espanhol) já lhe tinha apanhado o jeito e dizia: epah este país vai dar os pontos aquele e ao outro! Realmente... e Portugal deve ter mais amigos que a espanha-poucos, mas mais... Mas o chiki chiki também estava lá!

Jorge Pessoa e Silva disse...

Até eu já sei que Chipre dá sempre 12 pontos à Grécia; que a Alemanha tem tantos emigrantes turcos que a Turquia leva sempre 12 pontos; que a Bielorrússia dá sempre 12 à Rússia, etc, etc, etc... Mas vem aí o Europeu de futebol e é uma boa oportunidade para nos vingarmos...

Daniel Simões disse...

No título está escrito "evidenteminete". O sexo oral tornou-se evidente? Não creio...

Jorge Pessoa e Silva disse...

... para grande pena nossa, não é?