quarta-feira, 14 de maio de 2008

Fumar provoca amnésia


De repente ficou tudo histérico porque o primeiro ministro fumou um cigarro no avião a caminho da Venezuela. Com tanta coisa realmente importante para bater no homem e fez-se um escândalo por ter fumado num avião?

Eu até perceberia o impacto de uma notícia destas se fosse noutra viagem. Por exemplo: «primeiro-ministro fumou no avião no regresso da Colômbia...»

Este é um caso tipicamente português. Alguém ficou escandalizado porque José Sócrates violou a Lei do Tabaco e poluiu o ambiente? Não. As pessoas ficaram escandalizadas porque ele pode fumar no avião e outros não... Não há fumador nenhum que não desejasse estar no lugar dele e que não vendesse a alma ao diabo para fumar um cigarrinho numa viagem de longo curso...

Onde eu acho que José Sócrates borrou a pintura foi no pedido de desculpas. Coitado do homem que não sabia que estava a violar uma Lei... E até se esqueceu que foi o seu Governo a aprovar a Lei do Tabaco...
Além de «O Tabaco Mata» ou «Provoca impotência», o Governo deveria mandar escrever nos maços de cigarros: «O tabaco provoca amnésia». A avaliar pelas promessas eleitorais que já esqueceu, o Sócrates deve fumar que nem um cavalo...

(Qualquer dia tenho de escrever um post sobre frases completamente absurdas como "fumar que nem um cavalo")

Mas o pior de tudo foi Sócrates ter prometido que ia deixar de fumar. Aquilo deve ter sido um dilema enorme para ele. Consta até, de fonte nada segura, que esteve horas em frente ao espelho a mentalizar-se, num diálogo entre o homem José e o primeiro ministro Sócrates.
SÓCRATES: Deste uma grande barraca, ó Zé...
JOSÉ: É pá, nem me fales nisso. E agora? Já sei... vou deixar de fumar...
SÓCRATES: Deixar de fumar? Estás maluco? O tabaco dá-me uma pipa de massa em impostos...
JOSÉ: Está bem, mas sempre se melhora na saúde e os portugueses vão gostar...
SÓCRATES: E o défice? Como é que fica?
JOSÉ: Compensas na gasolina, pá... Aquilo já sobe tanto que mais cêntimo menos cêntimo... O importante é cuidar da imagem...
SÓCRATES: Tens razão, a imagem é muito importante. E por falar nisso, espelho meu, espelho meu, existe primeiro ministro mais competente, inteligente, elegante, bem falante e bonito do que eu?
JOSÉ: Claro que não...
SÓCRATES: Porreiro, pá...

Uma coisa é certa: se José Sócrates deixar mesmo de fumar cá estarei eu para lhe bater palmas. Já seria tempo de cumprir alguma promessa...

5 comentários:

Joana Dalila Santos disse...

Pois eu acho que ele devia continuar a fumar e a enterrar-se cada vez mais. A questão não é os portugueses terem ficado histéricos com o facto de ele ter fumado num avião, a questão é que se fosse qualquer um de nós estava bem f*d*d*. Ele não, claro.

Jorge Pessoa e Silva disse...

Olá Joana, o único problema dele se enterrar cada vez mais é que ele conduz o autocarro em que vamos todos nós...

Jacinta Correia disse...

Porque raio vai ele deixar de fumar?? Eu cá acho que ele deveria pagar a multa, como aconteceria a qualquer cidão comum... Isso sim, seria digno...mas não combinaria muito com ele, claro está. Bj

Jorge Pessoa e Silva disse...

Concordo a cem por cento, Jacinta. Para mais, deixar de fumar provoca, no início, irritação, instabilidade e eu até temo pelas medidas dele. Claro, estamos a partir do princípio de que cumpre a promessa...

Guilherme Nascimento Valadares disse...

Ei, meu caro, ouvimos falar muito bem de você lá pelo blog da Amante Profissional.

Gostaria de convidá-lo para escrever um artigo para a PapodeHomem como autor convidado.

O que me diz?

Só responder pelo gnv.bhz@gmail.com

Abraço!