terça-feira, 29 de julho de 2008

Estão a dar... B(r)aille



Eu acho muito bem que exista uma preocupação com a igualdade. Logo, um combate à discriminação. Mas acho também que tudo tem os seus limites, como pude verificar numa interessante notícia que li:

Os responsáveis do aeroporto de St. Mary, nas ilhas Scilly, Reino Unido, querem recrutar uma pessoa para a vaga de controlador aéreo. Os interessados, solicitam um impresso, inscrevem-se e esperam por uma entrevista. O que eu acho interessante é que, quem precisar, tem à sua disposição impressos em... braille!!!!!!! Segundo os responsáveis do aeroporto, devido à sua "política empenhada pela igualdade e pela não discriminação..."

1 - Interessante é que os candidatos têm de se submeter a testes de visão e têm de obter nota máxima. Mas mesmo sem esses testes, será que eles equacionam, por mais remota que seja, a possibilidade de entregarem o lugar a um invisual? Depois espantam-se que as pessoas tenham medo de andar de avião...

2 - Isto faz tanto sentido como a indústria pornográfica aceitar candidaturas de eunucos para actores... E mesmo estes sempre podiam reivindicar que têm língua e dedo, logo não há mulher que meta medo... Ou mesmo aceitarem-me a mim, sabendo que chumbava de caras no exame da fita métrica...

3 - Eu ainda mandei uma cartinha lá para o Santa Maria dos aviões ingleses a dizer que era uma estupidez. Que a necessária luta pela não discriminação não se fazia por expor os invisuais ao ridículo. Mas eles responderam : "Esta foi uma medida inspirada nas boas práticas portuguesas, que emitem cartas de condução e candidaturas a lugares de governo em braille". Pronto, engoli em seco....

4 - Para mim, felizmente, é-me indiferente. Há muito que aprendi a ler em braille. É, de resto, uma das mais fascinantes maneiras de ler uma mulher...

24 comentários:

Pax disse...

Jorge, agora a sério.
Sério mesmo.
Aquela parte de "Esta foi uma medida inspirada nas boas práticas portuguesas, que emitem cartas de condução e candidaturas a lugares de governo em braille", é a única parte veridica e que qualquer semelhança com a realidade terá sido puro relatar de factos. Verdade?
:)
Beijos.

Jorge Pessoa e Silva disse...

Viva pax. Que estranho soa "jorge, agora a sério. Sério mesmo".... rs...

Claro que é o puro relatar dos factos. Pela maneira como muita gente conduz e muita gente governa eu só posso concluir que não conseguem ver um palmo à frente do nariz.

Em última análise, pelo menos a parte de ler o corpo de uma mulher é verdade... rs...

Beijinhos

The one you know disse...

ler em braille ora aí está uma coisa interessante... Para alem do ponto "G", que outras letras podemos encontrar???

Jorge Pessoa e Silva disse...

rs...rs...rs...rs...rs..

Viva the one you know.

Ponto G existe mesmo? rs...- rs...

Olha, só nos seios de uma mulher podemos encontrar dois O, um m, um u, etc, consoante os diversos percursos que soubermos fazer...rs...

Aquele abraço

Pax disse...

Pronto, eu confesso: aquele "agora a sério" era a brincar...
:)
Mas concordo que anda tudo cego. Ou, pelo menos, a dormir.

Jorge Pessoa e Silva disse...

Nãaaoooo! Era a brincar Pax? rs..rs..
É que se o brincar se torna a norma, o sério só para brincar...rs...

E sim, eu também ainda não se se é cegueira se sonolência. Se for sono, será um sono bem pesado, porque a malta bem grita e ninguém acorda...

Beijinhos

Pax disse...

Acho que gritar só não chega. Há que os agarrar pelos colarinhos e chocalhar-lhes o cérebro. Ainda assim não estou lá muito segura de que funcione.
:)
(Esta é que era mesmo a sério :)

Jorge Pessoa e Silva disse...

Vamos resolver este dilema, pax, dizendo que mesmo a brincar falamos sempre a sério...

Olha que eu não acho que agarrar pelos colarinhos seja suficiente. Em relação aos homens, só mesmo agarrar com força pelos... tomates.

Beijinho

Moon_T disse...

um controlador aereo cego...hmmm
nao que o Braille o ajude a contolar os avioes mas... quem sou eu para opinar.?

Já com o nosso Governo deviam tambem promover a igualdade e abrir vagas para pessoas inteligentes...


obrigado

ps.
desculpa a fraca qualidade do comentario mas nem estou com muita disposiçao nem tempo para elaborar algo melhor. só passei mesmo para dizer olá.
















OLÁ

Pax disse...

Estás a partir de um pressuposto (que pode estar errado) de que todos os homens tem os ditos cujos...
:)

CASAL TUGA disse...

Bem, esperemos não se virem com estas práticas para outras áreas, pode ser complicado! Eheheh

Bjs & Abraços

Jorge Pessoa e Silva disse...

grande moon_t

Se houvesse razão para pedires desculpa pelo teu cometário eu teria de pedir desculpa pela qualidade do meu post... rs...

E um olá é sempre um comentário de qualidade.

Pessoas inteligentes no Governo? Eis um bom tema de discussão...

Grande abraço

Jorge Pessoa e Silva disse...

rs...rs...rs...rs..

De facto, pax, nunca pensei na coisa desse prisma. E, confesso, também não estou com vontade de fazer a experiência de saber se todos os homens os têm...rs...

Beijinhos

Jorge Pessoa e Silva disse...

Viva Sara e Miguel

Pode sim senhor, como médicos de cirurgia, manobradores de maquinaria pesada ou condutores da carris...

A gente até sabe que um invisual chumbaria no teste, mas não deixa de ser ridículo prever-se que se possam candidatar ao lugar. Aliás, não consta que alguém o tenha feito.

Beijinho e abraço

Pax disse...

Nem precisamos apalpa-los para sabermos se os têm ou não. Basta ver pelas atitudes que tomam (no Goveno, por exemplo).
:)

2cute4you disse...

Eu gosto da ideia da cegueira...do blind date...do blind whatever...sempre vai dando para apurar outros sentidos...
Vai que o controlador tinha um sexto sentido muitíssimo apurado??? Controlava por vibrações!!
Já ouviste falar naquele miúdo cego que caminha sem ajuda da bengala porque sente a vibração dos objectos que o rodeiam???
Os cegos são supreendentemente capazes...vai na volta até a controlar o tráfego aéreo!

Jorge Pessoa e Silva disse...

está bem visto, pax, está bem visto. E que alívio...rs...

Beijinhos

Léa disse...

Justiça seja feita, meu amigo.
Para algumas coisas serem bem feitas, não é preciso ter olhos.

Beijinhos.

Jorge Pessoa e Silva disse...

Viva 2cute4you

Eu acho piada ao blind date, embora resulte mais nos filmes que na vida real..

Gosto também do blind cake taste, desafio que inventei agora mesmo e que consiste em retirar bolos de uma travessa e tentar adivinhar que bolos são...rs....

Realmente, se há coisa que os aviões têm é enormes vibrações...rs... Mas não sei se seria suficiente.

E nunca me esqueço do brilhante papel que Al Pacino fez em Perfume de Mulher. Eis um bom exemplo do que um sexto sentido pode fazer por um homem.

Beijinhos

Jorge Pessoa e Silva disse...

Viva Léa...

Se eu não fosse tão envergonhado, diria-te logo a primeira coisa que me veio à cabeça como um bom exemplo de algo que pode ser bem feito de olhos fechados... rs.. rs...

Beijinho, amiga

Rafeiro Perfumado disse...

Já estou a ver um cego na Torre de Controlo e a tentar guiar-se pelos sons. Se alguém espirra é quase certo que lá vai um avião parar às couves... Abraço!

Jorge Pessoa e Silva disse...

Grande rafeiro perfumado, honrado estou por tão ilustre visita


... e nem as couveas se aproveitavam para uma sopinha, porque ficava tudo esturricado...

(isto é o chamado humor negro, mais derivado da hora e ao cansaço do que de ser especialmente profícuo nesta área do humor...)

Abraço

Léa disse...

Acho que pensamos na mesma coisa, Jorge, mas também tenho vergonha de dizer o que é..rsrsrs


Beijinhos.

Jorge Pessoa e Silva disse...

E pronto, Léa. Eu sei que você sabe que eu sei do que você está a falar...rs...


Beijinho