domingo, 9 de março de 2008

Professor Bambo

O jornalista norte americano Arthur Higbee escreveu um dia algo que tenho como um dos muitos lemas da minha vida: «Se uma pessoa me telefona para contar que a torradeira está a falar com ela, não a mando a um psiquiatra. Digo-lhe: passe-me o telefone à torradeira, por favor». Frase que vai na mesma onda de uma outra que sempre cito, "até um relógio parado tem razão duas vezes por dia".
Isto para vos explicar porque estive hoje largos minutos a ouvir o programa de rádio do professor Bambo, essa figura de referência nas artes de adivinhação, poderes ocultos, deste e de todos os mundos, etc... etc...
Em primeiro lugar, o professor Bambo já dá consultas em Portugal há muito tempo. Por isso, quando é que passará a utilizar os seus poderes ocultos para aprender a falar português e deixar de falar apenas em francês? No caso dele deve ser fácil. Uns pós, umas rezas, e... voila...
Depois, escutei atentamente o telefonema de uma senhora. Que se limitou a dar a data de nascimento e o professor Bambo, depois de consultar os seus guias espirituais e outros que tais, descobriu logo que ela tinha um problema pessoal, um problema de saúde e um problema financeiro. A senhora confirmou e todo o mundo ficou estupefacto com a capacidade de adivinhação do professor Bambo...
Caro professor, até eu que não trato por tu as divindades do oculto seria capaz de adivinhar que a senhora tem um problema pessoal e um de saúde, que acredito ser do foro psicológico. Como todo o respeito, não fosse o cérebro um órgão humano como qualquer outro. Só assim se explica que ela lhe tenha ligado e acreditado que bastava dar a data de nascimento para o professor adivinhar tudo.
Já quanto aos problemas financeiros, reconheço que é um exercício de adivinhação. Mas fácil, caro professor. Com o que ela vai gastar consigo até o meu filho que está para nascer seria capaz de adivinhar os problemas financeiros.

6 comentários:

Anónimo disse...

Olá eu sou a Paula, e gostava de vos dizer que consultei o Professor Bambo, e que ele me ajudou bastante.
Sugeriu-me o caminho a seguir, e deu certo!
A minha vida melhorou e alterou-se completamente.
Só tenho a agradecer.
Obrigado Professor. P

Jorge Pessoa e Silva disse...

Na minha opinião, e respeitando todas as outras, o prof. Bambo limitou-se a utilizar um poder que tu lhe deste. Eu acredito na mente humana e na força de vontade como as mais poderosas forças que existem. Ninguém te poderá atingir se não deixares. Tal como o Universos inteiro conspirará para que sigas onde queres se avançares decidida nessa direcção.

Nos tempos antigos, os feiticeiros eram adorados. Se um deles dissesse a um membro da aldeia que ia morrer, acredita que a pessoa morria. Porque acreditava tanto no feiticeiro que a sua própria mente se subjugava e ele definhava.

Eu não te conheço, Paula, mas sei que tu tens enormes poderes dentro de ti. Se acreditasses que eu te resolveria todos os problemas, eu resolveria. Mas só porque me davas os teus poderes para eu usar.

Felicidades

Anónimo disse...

sera possivel me darem o mail do professor bambo???

Jorge Pessoa e Silva disse...

Ilustre anónimo: email não sei. Mas os jornais estão cheios de anúncios do homem.

Abraço e boa sorte

Anónimo disse...

eu só gosto do bomfeiticeiro. ele nao cobra nada. bomfeiticeiro.com

www.77yum.com disse...

賭神小古課程
賭博網站
賭場黑名單
賭金
豆豆聊天室
財神現金板
財神現金網
財神娛樂
財神娛樂城