sexta-feira, 31 de outubro de 2008

Alguém tem um extintor?

Augusto Morais, presidente da Associação Nacional das Pequenas e Médias Empresas, ameaçou que vai pedir aos associados para que não renovem, com os trabalhadores, os contratos a termo certo caso o Governo mantenha o acordo estabelecido para o aumento do salário mínimo nacional de 426 para 450 euros...

Este Augusto Morais conseguiu o que eu pensava impossível: irritar-me mais do que o José Sócrates.

Segundo este iluminado, os trabalhadores portugueses mais desfavorecidos em termos salariais (quando escrevi desfavorecidos, queria dizer explorados...) só têm duas alternativas: ou passar fome ou perder o emprego...

Ninguém me empresta um extintor? Estou com umas ideias muito estranhas...

II
Li há dias que o Governo está preocupado porque sete mil crianças do ensino básico chegam ao final da quarta classe com lacunas graves na leitura e compreensão de textos.

Não percebo o espanto do Governo, se os próprios governantes, com cursos superiores e tudo, também revelam enormes dificuldades em ler e compreender textos. Um exemplo?
Havia muito por onde pegar, mas basta pegar na Constituição da República Portuguesa:

Artigo 9.º
(Tarefas fundamentais do Estado)

d) Promover o bem-estar e a qualidade de vida do povo e a igualdade real entre os portugueses, bem como a efectivação dos direitos económicos, sociais, culturais e ambientais, mediante a transformação e modernização das estruturas económicas e sociais;


Estão a ver onde quero chegar? Alguém tem mais um extintor?

34 comentários:

Tretoso Mor disse...

Jorginho,

Vamos lá a ver se nos entendemos!...

O Governo está a cumprir com o que está escrito!...

Repara no discurso:
- Temos hoje de nos conter tendo em vista o futuro!
- O Governo quer aumentar o salário m´nimo Ncional, mas há quem não queira.
- A cultura encontra o seu abrigo no CCB (Centro "Comercial" de Belém) na Casa da Música. As restantes cidades do País terão um estaminé depois de recuperrmos do aperto do cinto.

Bolas estás a ser muito severo!...

Estes textos fazem-me lembrar os planos estratégicos das empresas onde trabalho.
Ex: Objectivo: aumentar a quota de mercado.
E defendem-no os gestores como se tivesse saído de um grande trabalho de reflexão.
uando lhes digo que esse objectivo não diz nada, olham para mim, como burro para palácio. tenho de lhes perguntar:
Nesse caso, no sistema que vou implementar, posso definir como target 0,001% de crescimento!...É que já estão a crescer.

depois poderão vir outras perguntas:
quando começar a implementar medidas;
ao fim de quanto tempo querem atingir este grau de cresimento;
A quota mede-se pelo volumen de facturação, ou pelas quantodades vendidas... etc.

Amigo, esta TRETA toda para te dizer que tenho aqui três extintores, mas dois são para mim. lololol

Um gandabraço

Jacinta Correia disse...

A vergonha aqui começa logo pelo valor do salário mínimo! Enfim...
Bj, amigo. Bom fds.

Tretoso Mor disse...

Jorginho,

Desculpa lá as letras que faltam, mas este teclado está a precisar de reforma.

Ainda por cima, para poder fazer comentários mais longos, não releio o que escrevo.

Sai esta TRETA!... lol

Umm gandabraço

P.B. disse...

Olá

O país já está mal, os trabalhadores estão cada vez pior, porque o salário que recebem já não é suficiente para cobrir as despesas que têm. E ainda assim vêm uns espertos dizer aos empregadores para não renovarem os contratos. Só fala assim quem já tem o seu garantido, porque se não fosse o caso não diria tanta asneira junta...

Beijinhos e tem um óptimo fim-de-semana

Carla Sofia disse...

Bom dia Jorginho,
Relativamente à segunda razão do extintor, é mais do que óbvio de que este país precisa de muito e muito para se renovar e desenvolver, mas julgo os problemas fundamentais da Educação são a falta de condições, escolas, transportes, tempo e distância casa-escola, escolas onde chove dentro das salas, onde há violência; a desmotivação dos professores, devido às tretas do ministério de educação e a falta de paciência dos próprios educandos, encarregados de educação. Mas tudo isto acontece porque é o resultado de um Governo que apenas se preocupa em vender computadores para o estrangeiro, mas não se preocupa se os nossos meninos estão bem alimentados, se têm um caderno para aprender a escrever, se demoram 2 horas ou meia hora a chegar à escola. Etc. Soluções? Não há...
quero um extintor também
vamos fazer uma fogueira hoje noite das bruxas
beijinhos

Jorge Pessoa e Silva disse...

rs.rs...rs..

Grande Tretoso

Ok, com um extintor já remedeio a coisa... rs... rs..

De facto, essa dos planos estratégicos, dos grande objectivos, bla,bla,bla, até mete impressão. 98 por centro dos empresários, gestores e directores do que quer que seja, não percebem um boi de estratégia, de economia, de planos, do raio que os parta. Limitam-se a seguir os manuais, a viver numa economia standartizada, que vive em função dos seus números e nunca das pessoas, e depois passam meio ano a explicar porque no meio ano anterior as previsões não bateram certo...

Isto um dia dá um verdadeiro estouro, porque os economitas, governantes, banqueiros, não vêm um boi... E nem falo em serem sérios ou corruptos, em adoptarem políticas certas ou erradas. Falo em esquecerem-se completamente que são as pessoas que suportam tudo, do tal humanisno económico... Isto um dia dá um estouro, dos grandes...

Tenho a noção que não me consegui explicar lá muito bem, mas estou a ficar cansado dos modelos económicos que vigoram no mundo... Na índia, apareceu um maluco a emprestar dinheiro, sem pedir garantias, a pessoas pobres. A economia humanista no seu esplendor. Começou com 127 dólares, nasceu um banco que gere fortunas e ajuda muita gente. E ganhou um prémio Nobel da economia.

Um abraço

Jorge Pessoa e Silva disse...

Viva Jacinta

Tás a ver? Tanto iluminado neste País e é preciso alguém "simples" como tu para gritar "o Rei vai nu"...rs..


Beijinhos

PS - Vens à manif de professores de 8 de Novembro? É dia 8, não é? Se vieres diz qualquer coisa para o meu email. Gostava de falar contigo, há tempos que não te vejo, amiga

Jorge Pessoa e Silva disse...

rsa..rs...rs..

Tretoso

Estava a ler-te e parecia que era um texto meu... rs... rs... tranquilo

Abraço

Jorge Pessoa e Silva disse...

Viva p.b.

Acabaste de sugerir a solução para tanto disparate: obrigar esta gente a viver com o ordenado mínimo.

Beijinho

Jorge Pessoa e Silva disse...

Viva carlinha

Assino por baixo tudo o que dizes. E ouso pedir-te algo mesmo não te conhecendo e mesmo sendo, acredito, desnecessário: resiste, resiste, resiste... Mesmo que não reconheçam o teu esforço, mesmo que não te ofereçam as condições mínimas de trabalho, mesmo que sintas que estás a pregar no deserto. Resiste. Porque, ainda assim, podes fazer a diferença para muita gente.

Beijinhos

Léa disse...

Meu amigo está um pouquinho bravo hj...rsrsrs
As vezes parece-me que vc não está em Portugal, mas sim no Brasil...
O que se passa com nossos países?


Beijiiinhos

Obs.: Adorei sua visita no meu novo cantinho. Sempre que conseguir vou deixando um pedacinho de mim lá. Ou da minha personagem..rsrsrs

Cris... disse...

Um extintor, pa?

Que tal uma guilhotina??

Jorge Pessoa e Silva disse...

rs..rs...rs..

Pos é, Léa, às vezes parece que estamos a falar do mesmo País... rs... rs... rs... Afinal, somos mais parecidos do que até gostaríamos... rs... rs... Parecidos que seja já nas coisas boas... rs... rs...

Beijinhos

Jorge Pessoa e Silva disse...

rs..rs...-

Viva Cris


Olha, guilhotina só para cortar a... pilinha.... rs... rs... A maioria dos homens tem mais pedo de perder a pilinha do que o... pescoço... rs... rs...

Beijinhos

provocação disse...

O que eu acho graça é que há zonas do país em que nem o salário mínimo é pago, passam ao lado da lei à grande recebendo as funcionárias, na sua maioria operárias fabris de 300 a 350€. Vergonha de país este! E nas próximas eleições querem apostar que não vai haver troca de rabo no assento ministerial?

P.B. disse...

Pois é Jorge, a solução era essa, mas infelizmente não temos o poder de o fazer. Se algum deles já passou por uma essa situação (que eu duvido) já não se lembra as dificuldades que as pessoas têm para pagar as contas no fim do mês, não sabem sequer o que é contar os tostões durante todo o mês para que o dinheiro chegue até ao próximo pagamento.
Quem esteja a pagar uma casa (alugada ou empréstimo) não se pode dar ao luxo de nenhuma extravagancia, porque com 900€ por mês (sendo dois a ganhar) quase não dá para comer durante o mês...

Ups... alonguei-me :D

Beijinhos

Patrícia Villar disse...

Jorginho, esse senhor apenas ouviu ontem a sô dótora Manuela Ferreira Leite...e resolveu seguir logo as indicações dela!!!

Só me apetece mandá-los pá P que os pariu. Desculpa.

Beijinhos

leo disse...

.....no dia em que os "empresários"...pequenos, médios e grandes também...deixarem de ter os tais "trabalhadores/escravos"...quero ver o que é que farão ...estes grandes empreendedores-criadores de riqueza...que apenas têm algum dinheirito extra (seja de uns meses que correu melhor ou um empréstimo bancário ou ..até um subsídio governamental...a primeira coisa que fazem é comprar um ganda carrão, um jipão, para ele, pra mulher-amante-amiga ou até prá os filhos...e põem tudo em nome deles..não vá o diabo tecé-las....

digo eu...não basta um extintor...será necessário meté-los a todos no campo pequeno e amandar-lhes com todos os extintores que houver....
manga de mentecaptos!

tenho dito!

abraços revolucionários....báh já não se usa...
abraços conformados?

Jorge Pessoa e Silva disse...

Viva provocação


Para mim é tão deprimente a denúncia que fazes como a sensação que simplesmente mudar de rabo não vai dar grande resultado... Porque o que é preciso é uma revolução de mentalidades, onde não fique pedra sobre pedra... Depois, admirem-se se um dia vier um demagogo ditador e, em desespero, as pessoas escolham um novo ditador...

Beijinhos

Jorge Pessoa e Silva disse...

P.B.

Tiremos o dia para nos alongar, para desabafarmos um pouco. E, mesmo que com pensamentos deprimentes, tiremos o dia para prometer que não baixaremos os braços. O País precisa de nós para iniciar uma revolução de valores.

Beijinho

Jorge Pessoa e Silva disse...

rs...rs...rs..

Estás desculpada, Patrícia, embora, se calhar, as mãezinhas possam nem ter grande culpa... rs... rs... Por isso eu prefiro enfiar-lhes um extintor pelo cu acima... rs... rs...

Beijinhos

Jorge Pessoa e Silva disse...

Grande Leo


Abraços revolucionários, sempre. Talvez não uma revolução no sentido histórico do termo, não uma revoluação de direita ou de esquerda. Uma revolução de valores, em que o homem se insurja pelo direito a ter dignidade.

Como disse ao Tretoso, a maioria não vê um boi à frente... Não precebe nada de gestão, rege-se por princípios que aprendeu na faculdade. Outros apenas têm dinheiro para mandar e faz o que todos fazem: contas básicas... É preciso ir-se além, rasgar-se os conceitos da economia, subverter tudo. E quando a economia for pensada para servir o homem, então estaremos mais perto de ser felizes...

Abração

Moon_T disse...

I
Definitivamente nao entendo a politica neste país. Por 20euros...

Cada vez mais penso que portugal é um país pequeno com mentes ainda mais pequenas.


II
como o entrevistador da SIC disse ontem: se abulirem com os exames as taxas de aproveitamento certamente tambem passarão dos 100%.



Caro Jorge, aconselho a nao te contentares com um extintor qualquer... há de 20 litros!


Constituição da Republica? já nem para limpar o pó lhe pegam meu caro.

leo disse...

...aí sim cocordo plenamente contigo...essa é que é a mais difícil de conseguir...temos que juntar as pessoas que assim pensam para pouco a pouco sermos mais e mais e mais...para que possamos viver melhor e sermos mais felizes...

---não é necessário ser camarada, companheiro, colega... o que é necessário é acreditar na Amizade, sim assim com a grande...

um grande,grande abraço, meu amigo

Jorge Pessoa e Silva disse...

Grande Moon

Em primeiro lugar, esta nova foto deixa a malta com os olhos a andar à volta a ver se conseguem focar... rs... rs...

Vale que tu, de novo, focaste onde devias e foste exemplar na análise...

Grande abraço

Jorge Pessoa e Silva disse...

Enorme Leo


Abraço recebido e retribuído com grande amizade

Papinha disse...

"sete mil crianças do ensino básico chegam ao final da quarta classe com lacunas graves na leitura e compreensão de textos."

...tantas?? Então "bora lá" dar-lhes o Magalhães que as vai ajudar e muito!!! Principalmente na leitura e compreensão de textos!!!

Não há mais nada a dizer...

Beijinhos,
P@pinh@

Jorge Pessoa e Silva disse...

Viva Papinha

Não sei se hei-de rir se hei-de chorar... Tens toda a razão... Sei também de escolas onde grande parte dos computadores tiveram de voltar para trás para reprogramar, já que os alunos apagaram programas e, por falta de conhecimento, provocaram estragos...

E não sei se rir se chorar ao ouvir o José Sócrates gastar 15 minutos para elogiar o Magalhães na cimeira Ibero-americana e a tratar os outros líderes como se fossem atrasos mentais.


E até ficámos a saber que o Magalhães é resistente, já que, disse o Primeiro, Hugo Chaves o mandou ao chão e ele não partiu... rs... rs...

Hugo Chaves mandou-o ao chão? Se calhar não é tão mau como o pintam... rs... rs..

Beijinhos

Esoj Odnuges disse...

Fui ver o meu e está fora de prazo vai para três anos, mas sempre podemos utilizá-lo como arma de arremesso.

D.Antónia Ferreirinha disse...

onde é o fogo? foi o 1º pensamento.
Agora percebo o porquê de tanta fumaça.
É CASO PARA DIZER, PORQUE SOU BEM EDUCADA, PUTA QUE OS HÁ-DE PARIR.
BEIJOCAS.

Jorge Pessoa e Silva disse...

rs..rs...rs..

Viva José Segundo

Ainda está inteiro, não está? Então é quanto basta para o que quero... rs... rs...

Abraço

Jorge Pessoa e Silva disse...

rs...rs...rs..

Viva D. Antónia

Olha, eu já uma vez comentei que tenho um ligeito fetishe: um mulher zangada a dizer uma asneira... rs... rs... Não é abrir o diccionário todo, mas uma asneira na hora e do modo certo desperta-me a líbido... rs... rs... rs... rs...

Beijinhos

Pax disse...

Eu só não percebi para que queres o extintor :)

Jorge Pessoa e Silva disse...

rs..rs...rs..rs...rs...

Viva Pax

... é que eu já estou a deitar fumo pela cabeça.... até tenho medo de arder... rs... rs... Ou é isso ou delírios de ver no extintor um supositório gigante...