terça-feira, 24 de junho de 2008

Zézé Camarinha

Meus amigos e minhas amigas

Está para ser lançado um destes dias um dos melhores livros de sempre de stand up comedy. Imperdível, principalmente para quem gosta de acordar os vizinhos às cinco da madrugada com valentes gargalhas:




Falo de "Zézé Camarinha, o último macho man português". O homem que garante ter «comido quase duas mil camones» ao logo de décadas, no Algarve; o homem que inspirou várias gerações de machos latinos, embora ele desabafe que sente a desilusão de considerar que ninguém é digno de receber a sua herança. Falo, claro está, do Johnny of the moustache from Praia da Rocha.

Com tantas mulheres submetidas ao jugo do verdadeiro cavalo lusitano, seria impossível um livro com todas as histórias, sob pena de ter de encher toda a biblioteca nacional. Mas ficam algumas das que nunca esquecerá e, mais importante ainda, muitas dicas e conselhos:

1 - Usar sempre óculos escuros;
- Consta que as camones não resistem ao gesto subtil do homem cada vez que os tira...

2 - Fazer exercício na areia
O homem é só músculo e consta que uma mulher se perde por isso. Que graciosidade. Eis o que ele relata: «as mulheres ficavam doidas a ver-me fazer alongamentos, o pino, a esparregata...»
Já eu, se me pusesse a fazer ginástica na areia era um fartote de riso... E se tentasse fazer a esparregata já não me levantava. Ia directo para o hospital...

3 - Levá-las para a praia à noite...
Todos os gatos são pardos, não é? Mas enfim, o homem é um romântico...

4 - Ir directo ao assunto
Consta que o homem ainda é mais directo do que aquele que perguntava: «tu és virgem, não eras..?»
Que subtileza, que firmeza... Era chegar, «Are you fine? Do you want fuck?». Tiro e queda, qualquer camone adora que lhe perguntem logo se quer ir para a cama... Vem cansada da viagem, deve ser...

5 - Mostrar quem manda
Ganda Zézé, assim mesmo é que é. Ajoelhou, tem de rezar... Com umas palmadinhas nas nádegas para dar maior realismo.... E ele diz que a maioria adorava umas belas palmadas no traseiro...

6 - Ser imaginativo
Ele conta que ler a sina era das coisas que melhor resultava com as camones.
Estou mesmo a ver. Elas a perguntar o que diziam os astros e ele a responder: «Estás fodida».

7 - Tudo a eito
O homem assumiu a missão de defender a honra do macho português. Muito antes da Selecção de futebol dar cartas já ele mostrava às mulheres que o homem português é campeão da Europa do sexo. «Elas já chegavam ao aeroporto com a minha fotografia», desabafa Zézé Camarinha.
Para ele, tem rata é para comer... Mas ele vai revelar no livro as dez mulheres que nunca comeria. E, com um notável sentido de humor, honra lhe seja feita, só revelou a mulher que aparece em primeiro lugar no top: «José Castelo Branco».
Calculo que se ele fosse homosexual diria que o homem que nunca comeria na vida é Manuela Ferreira Leite.

8 - Nunca ir com portuguesas
Ele acha que as portuguesas são dificéis...

É por estas e por outras que eu não me canso de apregoar que cada vez gosto mais da mulher portuguesa... E olhem que já estive em quase três dezenas de países...

48 comentários:

Laura disse...

Ai, fiquei aqui entre o riso e a naúsea.
Que homenzinho...( o Zézé, claro!).
Gostei do post e deixo-te beijos de uma portuguesa

Rocket disse...

a capa é gira. as gajas não.

ou seja... dois mil estafermos. e ainda se gaba!
se andasse a comer top models, umas cem... este é mesmo um povo de gente muito pouco criteriosa...
é o povo dos vegetais gigantes do entrocamento, dos records do guiness, das tretas...

ainda bem que não vivi no algarve...já aqui...

Jorge Pessoa e Silva disse...

Viva Laura, muito bem vinda. Adoro receber visitas de surpresa e faço sempre votos de que eu tenha dado argumentos para um regresso.

Fica pelo riso que sempre é mais saudável. As camones que se entendam com ele.

E, claro, os beijos de uma portuguesa sabem sempre muito melhor.... rs...rs...rs..

Obrigado Laura, gostei mesmo da visita. Que retribuirei com muito carinho. Num breve olhar já percebi a tua paixão pelo jazz, que partilho.

Beijinho de um português,mais latino do que macho...rs...

Jorge Pessoa e Silva disse...

Meu caro rocket, não tomes a todo pela parte... Apesar de eu já ter confirmado que somos um povo bem representado no guiness. Neste capítulo, prefiro a... Guinness, mas são gostos pessois...

Tranquilo, rocket, se vivesses no Algarve acho que escapavas às investidas dele... rs... Ou então o pobre iria comer sopinha por uma palhinha no hospital... rs...

Abração...

Léa disse...

Ora, ora Jorge!
Fiquei com ciúmes agora...
Então não te mando mais beijinhos porque não sou portuguesa!
Ora pois!

Léa disse...

O que são camones? rsrsrs
Apesar da nossa língua ser a mesma, têm muitas palavras que vcs usam em Portugal que eu não entendo.
(Ainda estou brava, viu Jorginho?)

vita disse...

Oh Jorginho como eu ás vezes me orgulho de ser portuguesa..neste caso o orgulho é a triplicar, o homem dá naúseas mesmo.

Mas tu fazes-me rir sempre.;)

Beijo jorginho de uma portuguesa que diz foda-se!

Jorge Pessoa e Silva disse...

Dizes e com grande estilo, Vita, com grande firmeza... rs...rs...

E eu também gosto muito de me rir contigo... É das coisas que mais me faz bem na vida: rir-me com pessoas de quem gosto

Beijiiiinho

Jorge Pessoa e Silva disse...

Viva Léa, agora você me deixou sem graça...rs...rs... Claro que não dispenso os seus beijinhos. Até porque Brasil é como se fosse Portugal...

Eu espero sinceramente que no Brasil nunca tenham ouvido falar de Zézé Camarinha. Você conhece aquelas anedotas que se contam sobre portugueses no Brasil? Pois olhe que a maior parte dessas anedotas, no caso deste homem, seriam elogio... Ele é muito brega mesmo...

Ele só gosta de "camones", ou seja, inglesas, alemãs, suecas, holandesas... E como ele disse que as portuguesas não alinham nesse tipo de esquema dele, então eu cada vez gosto mais da mulher portuguesa. E de todas as que olhem para o homem e vejam o que ele é. Não consta que brasileiras estejam no rol, o que também abona a favor do bom gosto da mulher brasileira.

Por tudo isto, eu não dispenso seus beijinhos não... Para dispensar beijinho de brasileria teria de começar por minha cunhada que é... paranaense... rs...rs..rs..

Se você se recusar eu vou aí e arranco um...rs...rs...

E faço queixas a sua mãe....rs...rs..

Beijiiiinho

Jorge Pessoa e Silva disse...

No fundo, Léa, "camones" é uma espressão que começou a ser utilizada para designar os turistas ingleses que existem em grande número para o Algarve. Uma abreviatura da expressão "came one". depois, generalizou-se para outros turistas que falam inglês, mesmo não sendo a língua oficial, como as holandesas, suecas, etc... Logo, camones não se aplica às brasileiras...

(Já estou perdoado?)

Beijiiiinho

Léa disse...

Tudo bem, estas perdoado...rsrsrs
E minha mãe ficou muito feliz com seus beijinhos de ontem.
Mandou beijinhos para você também. E olha que os dela são beijinhos madeirenses, com gosto de bolo preto...
( Ai, ai...acho que agora consegui me vingar. Aposto como você ficou com água na boca só de pensar no bolinho...rsrsrs)
Beijiiinhos luso brasileiros! rsrsrs

blueminerva disse...

Foda-se Zezé Camarinha... onde é que se vomita?
Neste país todos têm um qualquer talento e haverá sempre alguém para aplaudir, portanto não me espanta que o Zezé Camarinha publique as suas histórias e também não me espanta que uma semana depois esteja no top de vendas.

Um abraço

Jorge Pessoa e Silva disse...

Léa, o que você está fazendo é "sacanagem"...rs.. rs... Estou com água na boca, sim senhor.... hummmm, bolo preto....

Beijinhos

Jorge Pessoa e Silva disse...

Como alguém escreveu um dia, blueminerva, «um tolo encontra sempre outro ainda mais tolo que o admira».
Eu gosto de ver as coisas pela positiva e a moral da história é que a mulher portuguesa é inteligente... No mais, mais vale rir do que vomitar... rs...

Beijinho...

PS - Para não ferir o orgulho das minhas amigas do Brasil que já reclamaram, reforço que mulher brasileira, que também não gosta da figurinha, também é inteligente...rs...

Rocket disse...

não e isso, jorge...quando era puto e ia lá de férias...era só estragos...e eram férias...

se vivesse lá, ele teria vergonha de escrever um livro...

para mais ...sou exigente. eh eh

satisfazer estafermos agora dá best-seller...ok

abraço

Jorge Pessoa e Silva disse...

eh, eh, eh, Rocket... Acho que vergonha não entra no "vocabolary do men".
O livro deve ser best seller porque a malta é vouyer, papa tudo o que meta sexo e adora ver os outros a fazer figurinhas... Eu confesso que estou hesitante. Acho que o livro dá para umas boas gargalhadas...
Eu prefiro rir-me com alguém do que rir-me de alguém, mas como mortal que sou não posso jurar que não lerei o livro. Talvez apenas esta crise me salve, porque o dinheiro não dá para tudo...

Abraço

Cris... disse...

Bom, eu deixo beijos também.
De uma espanhola que se orgulha de ser espanhola, e de viver em Portugal.
O Zézé devia ser cá um cromo...

An Ambush of Ghosts disse...

As mulheres portuguesas são quê?! Inteligentes??

Nota-se pela sua elevada cultura, pelos seu altos cargos, os seus salários bem remunerados,os seus casamentos felizes com o panhonha q melhor pague as contas do cabeleireiro... ou não!, os seus filhos educadíssimos que não destratariam nunca um professor a menos que ele fosse um perfeito anormal, pelas audiências e lucros das fábricas de telenovelas e pelas corridas aos saldos da Zara....

Desta vez, em total desacordo Jorge...

A mulher portuguesa não sofre de falta de inteligencia, sofre é de perguiça, que é quase o mesmo q dizer q são burras q nem penedos. Donas de força motriz matriarcal assemelhada a força da Natureza a correr-lhes nas veias, a mulher portuguesa acaba por ser mediocre, em tudo o que de grande poderia ser, fica-se pelo caminho, subsiste no básico.

Claro que há muitas e boas excepções, falo da generalidade englobada no nosso povo á beira mar plantado a criar raizes, meninas n levem a peito.

Quanto ao ZéZé...epah, vai na volta ainda leio isso, mais não seja p me rir no comboio como os malucos, mas só se pedir emprestado q esse parolo n leva um tusto meu.

Cumprimentos Jorge, e restantes ;)

Jorge Pessoa e Silva disse...

Viva Cris

Está desfeito o mistério...rs... Eu, com tanto trabalho, ainda não tinha tido tempo para nadar como deve ser até à tua ilha para perceber a razão de ser de tanto espanhol....rs.... Primeiro pensei: bem, é porque é espanhola. Mas depois, os posts que li eram em português. E não em... portunhol. Como eu, queres ver?

Para que sepas, lo sangre de mis hijos é, también... eapanhol. De Galícia, por parte de abuela... E Halla España hasta final de Europeo... :-/

Nem tentes embaraçar-me (palavra perigosa para uma espanhola...rs...rs...) a corrigires os erros....

Beijinho

Miguel Barroso disse...

Ahahhah. Impera aqui o riso, e isso é bom.
Lamento a minha ausência, e sim, sei que só eu a lamento.
Voltei das lides do auto-conhecimento, após este mês de ausência.

Abraços do EU, SER IMPERFEITO e d´A SEIVA

Jorge Pessoa e Silva disse...

Viva an ambush, não te apoquentes que isto até se torna engraçado se houver gente a discordar... Mas repara, o Zézé Camarinha não gosta das mulheres portuguesas porque elas não baixam as calças mal ele estala os dedos; não fiacam fascinas quando ele faz a eparregata na praia; não se deixam ir para a cama só porque ele se oferece para lhes ler a sina; não mendigam umas palmadas nas nádegas... Tudo somando, eu acho que é inteligência...
Quanto ao resto, generalizas de forma que considero injustificável. Podes pegar no teu comentário, escrever homens portugueses em vez de mulheres, fazeresm adaptações de pormenor e o texto continua a fazer sentido.

Cumprimentos

Jorge Pessoa e Silva disse...

BEM VINDO, de novo, Miguel. Fiquei preocupado com a asusência. Passa-se alguma coisa com o teu blog? Da última vez que lá fui não consegui entrar.

Um grande abraço

Miguel Barroso disse...

Esteve de férias enquanto estive dentro de mim. Está activo e com tinta nova!

Abraços do EU, SER IMPERFEITO e d´A SEIVA

Enfim... disse...

esse homem n presta a minha casa de ferias e por cima do bar dele agora imagina o quanto gosto dele lol

bahhhhh

Beijinhos

Jorge Pessoa e Silva disse...

Viva, enfim... De factos, estás em melhor condições para avaliar o comportamento dele... Por isso, a tua opinião tem de ser valoriada...

Obrigado pela visita, tinha sentido a tua falta por aqui

Beijinho

Olá!! disse...

Acho que sei o "problema" desse cromo... ele não sabe falar camone, topas, então começa a apontar para a lingua, as "bifas" pensam logo noutra coisa e zás tás prás lá vai mais uma prá lista...

:))) esse camarinha sabe-a toda

Beijossssssss

Jorge Pessoa e Silva disse...

Olá, olá

Como alguém dizia, enquanto houver língua e dedo não há mulher que meta medo.

Eu quase que chego a admirar a cara de pau deste homem. O meu filho de três meses fala quase tão bem inglês quanto ele fala. Ou falava, nos primeiros anos. Mesmo assim, o homem atirava-se de cabeça. Literalmente.

PS - Com o dia a aproximar-se mais pena tenho de não poder estar no jantar :-(

Casal Tuga disse...

O Zéze , esse eterno... GABAROLA! Eheheh

Bjs & Abraços

Cris... disse...

Nunca faria isso, Jorge.
Se me tivessem feito isso quando vim viver para Portugal, nunca tinha chegado a adorar esta terra.
Beijos,e passa quando puderes.

vita disse...

Eu ia dizer alguma coisa ali ao an ambush..mas não me apetece..bah

looooool..beijos jorginho

Jorge Pessoa e Silva disse...

Viva Miguel e Sara

Vocês habituam-me mal e depois eu estranho um dia em que você faltem a esta nossa casa...rs...rs... Mas folgo que continuem em forma e espero que se tenham divertido no S. João.

De facto, o homem é um gabarolas... Só não lhe gabo o gosto e a técnica, mas pronto, live and let live sempre foi um dos meus lemas...

Beijinho e abraço

Jorge Pessoa e Silva disse...

Viva Cris...

Eu estava a brincar contigo porque sei que escrevi uma série de erros. Ainda me safo a falar, porque lido muito com jornalistas espanhóis, mas a escrever sou uma nódoa...

Mas estou fascinado contigo e tenho a tendência para pensar que vieste para Portugal ainda criança, pios escreves melhor que grande parte dos portugueses...rs..

Se digo fascinado, e peço-te que não te zangues com o que vou dizer, é porque se há coisa em que eu acho que os espanhóis têm muita dificuldade é em línguas... Talvez porque quase tudo é dobrado na televisão, não se familiarizam desde novos a ouvir o som de outras línguas.

Além disso, espanhol e português têm uma diferença de fundo: o português está em Portugal, vê uma pessoa de olhos azuis e pele clara como eu e é capaz de meter conversa comigo em... inglês. Um espanhol pode estar na China, na aldeia mais remota, e acredita que pode falar espanhol sem problemas que alguém o entenderá...rs...rs...rs..

Já me aconteceu em pleno aeroporto de Estugarda ter dado de caras com um espanhol a perguntar a toda a gente por informações em espanhol... Tinha partido de Barcelona para comprar um automóvel que vira num anúncio de internet. O vendedor não apareceu e ele queria comprar um jornal de anúncios... Não falava nada que não espanhol, eu acabei por o ajudar, e ele ficou com o jornal (alemão) e foi até à cidade para comprar um automóvel. E eu pensei: meu Deus, como vai ele entender-se com os alemães? Confesso que até admirei a persistência dele....

Nada do que disse é uma crítica, porque como acontece em relação a outros, eu gosto muito de me rir com os espanhóis, nunca dos espanhóis... Até pelas razões familiares que te contei...

Desculpa, acho que me alonguei, mas como eu gosto muito de conversar e das tuas visitas...

Beijinho, Cris

Jorge Pessoa e Silva disse...

Viva, Vita

Podes responder como e quantas vezes quiseres desde que termines sempre da mesma maneira: "beijos, jorginho"... rs... rs...


Beijiiiiiinhos

SílviA disse...

lOl

O homem tem estilo...vá...um bocadinho...ooohhh...não tem nada...prontoS.

Mas, que os teus comentarios serviram para rir, ai serviram :)

Jorge Pessoa e Silva disse...

Viva Sílvia

Estilo ele tem, mas é um estilo muito... digamos... como descrever?... rs... Pronto, tem o estilo dentro.

Beijinho

Jacinta Correia disse...

Pena que esse macho man não tenha ainda compreendido que não passa de um prostituto que as portuguesas dispensam e por isso se vira para outras línguas. Enfim... andam pouco selectivas as camones. Mas haja alegria! - e cá nos vai dando a comédia que é a sua fraca existência. Bj

Cris... disse...

Ó Jorge...
Mas cómo é que eu ia ficar chateada por nada do que disseste?
Sou a primeira a tentar fazer perceber ao povo português que se os espanhóis sempre respondemos "no entiendo", é porque não entendemos mesmo!
Somos muito pouco favorecidos pela mãe natureza para perceber e/ou falar outras línguas.
E, acredita, quando um espanhol se dirige a ti em espanhol, ou a um inglês de férias em Benidorm, em espanhol...não é porque seja um nariz empinado que acha que não deve rebaixar-se a falar outra língua.
É porque NÃO SABE MESMO.
lol
Ah, obrigada pelo elogio na escrita. Não estou aqui desde criança, mas já lá vão 7 anos e tal desde que decici vir viver para este pais a beira mar plantado.
Beijos!

Jorge Pessoa e Silva disse...

Ainda bem que assim é, Jacinta. Imagina que as portuguesas iam nos truques baratos do homem? Acho que os homens portugueses tinham razão para entrar em depressão...rs...

E acho que rir é mesmo a única maneira de levarmos as coisas...

Beijinho, amiga

Jorge Pessoa e Silva disse...

Só há sete anos, Cris?!!!! Parabéns, estou de queixo caído...

Em relação aos espanhóis, uma coisa é não se saber outras línguas. Outra é a coragem deles, que eu até admiro, de tentarem a sorte sem grandes problemas... rs...

Em boa hora decidiste viver em Portugal, só espero sinceramente que os portugueses te estejam a tratar bem. Eu gosto muito de te ter por cá.

Beijinhos

Cris... disse...

Obrigada, again, Jorge.
Eu gosto muito de viver cá...
E sim, tratam-me quase sempre muito bem!
loool
Beijos

Jorge Pessoa e Silva disse...

Ainda bem, cris, ainda bem...

Se alguém te tratar mal avisa-me que eu vou ter com essa pessoa e mostro-lhe os meus músculos...
A pessoa começa a rir-se e tu dás-lhe um pontapé e fugimos os dois. É que eu sou mesmo muito fraquinho...rs...

Beijinho

Cris... disse...

LOOOL
Combinado!
beijões

Ju disse...

Eu tenho até pena de um homem como esse Zézé.
Ele devia ganhar uma medalha, deve ter sido o gajo que mais estafermos comeu.
Ninguém as queria na terra delas, ouviram falar no emplastro da praia da Rocha... vinham cá matar a fome, e ainda saíam daqui bronzeadas!
Ai que orgulho de ser portuguesa!
Ecaaaa que nojo...

b.ju

Jorge Pessoa e Silva disse...

Estás a ver Ju? O homem é uma alma caridosa e deveria ser candidato a Nobel da Paz. Deve ter salvo muitas vidas de mulheres desesperadas, deve ter evitado muitos conflitos...

E sim, deves ter orgulho em ser portuguesa

beijinho

Atever disse...

O que é certo é que o gajo tem um bar e a vidinha orientada, segundo ele, tudo à conta das "camones".
Se fosse com portuguesas, a esta hora andava a vender língua da sogra na praia. eheheh

Jorge Pessoa e Silva disse...

rs...rs....rs....rs...rs..

Não duvides atever, não duvides... Ou bolas com creme... Ou gelados... Com aqueles trocadilhos que as camones adoram, em inglês macarrónico:
«A menina quer umas bolas com muito creme?»
«Quer chupar um geladinho?»

O homem nasceu para o sucesso...

Abração

D.Antónia Ferreirinha disse...

Eu adoro ler-te, mas nem sempre consigo por falta de tempo.
Vou passar a ler-te andes de sair de casa, pois tenho a certeza que começaria a rir, coo agora.
Beijinho.

Jorge Pessoa e Silva disse...

OBRIGADO D. ANTÓNIA


Beijinho