quinta-feira, 5 de junho de 2008

O burro do 118

Andava desesperado à procura de Infacol, medicamento que tem sido muito bom para as cólicas do meu filho. Fui à Internet, vi que poucas farmácias o vendem. Depois de ter batido a várias portas (o produto está esgotado e tem de ser encomendado de Inglaterra) tentei a Farmácia Lusitana, em Lisboa, mas só tinha a morada e precisava de saber o número de telefone. Por isso, liguei para o 118, o número de informações da PT. Atendeu-me um simpático computador, mas burro que nem uma porta, modernice que a PT entende ser útil e que já levou muita gente a um ataque de nervos. Eis o diálogo:

Bem vindo ao serviço 118 da PT Comunicações. Deseja o número de uma empresa ou instituição?

Sim

Por favor, diga a localidade

Lisboa

Por favor, diga o nome

Farmácia Lusitana

(uns segundos de espera)

Pedimos desculpa, mas não conseguimos entender. Repita o nome, por favor.

FARMÁCIA LUSITANA

Percebi. Farmácia Fonte Nova. Confirma?

NÃO

Por favor, diga o nome

FAR-MÁ-CIA LU-SI-TA-NA

Percebi. Farmácia Apolo 70. Confirma?

(já em desespero de causa decidi aceitar, quem sabe se a farmácia Apolo 70 não tem o medicamento que procuro?)

- SIM

(Mais uma pausa de alguns segundos e quando estou já de caneta e papel na mão para escrever o número eis que a chamada é transferida para uma operadora)

Serviço 118 da PT. Boa dia, em que posso ser útil?

(Estive mesmo para gritar com a senhora: pode dizer-me porque carga de água é que a PT me põe a fazer figuras ridículas com uma máquina se, no final de contas, tenho de lhe repetir tudo e é você que vai resolver o assunto? Mas contive-me.)

Farmácia Lusitana, em Lisboa, por favor...

O número que me deram não funcionava. Meti-me no carro e fui a Lisboa. Já lá estava se não tivesse ligado para o 118 da PT.

(Não, não tinham Infacol. Mandei-o vir de Inglaterra. Chegou no dia seguinte. Thank you...)

4 comentários:

Anónimo disse...

Já dizia o Filipão, " e o burro sou eu?".
De qualquer maneira, quem vive lá pelos lados da Inglaterra diz que os custos de vida são elevados, mas, sempre é mais fácil viver com a familia real do que com a "familia Sócrates"!!...
beijocas
Luisa

Jorge Pessoa e Silva disse...

off course, Luisa. Até porque os súbditos de Sua Majestade também ganham um pouco melhor...

Um bom dia de trabalho. O que vale é que já é quinta-feira

CASAL TUGA disse...

Eles querem é fazer de nos burros com os esquemas de marketing deles!
Esquemas esses, que tenha como unico objectivo entrarem-nos no bolso "forte e feio"... E, o pior é que conseguem mesmo!

Bjs & Abraço

Jorge Pessoa e Silva disse...

... é por esta e por outras que há três meses pedi à PT a cessação da prestação de serviços... Estou com esperanças de ver o processo burocrático concluído ainda durante 2008... Ah, e continuo a pagar a mensalidade...

Obrigado pela visita