sexta-feira, 6 de junho de 2008

Resumo de imprensa

1 - Depois do preço do barril de petróleo ter caído 10 por cento do recorde máximo de há dias, a GALP decidiu, finalmente, baixar o preço dos combustíveis. Em quanto? Meio cêntimo!!!!!!!!! Ou seja, o barril caiu 10 por cento, o preço da gasolina caiu... 0,3 por cento. É preciso mais provas de que... o ensino da Matemática está a precisar de dar uma grande volta?

2 - Entretanto, o Correio da Manhã fez um estudo em que se comprova que, devido ao preço da gasolina, cada vez mais portugueses deixam o automóvel em casa. O problema, digo eu, é que se a crise continua a escalar o Evereste qualquer dia os portugueses deixam o automóvel e a casa..

3 - Segundo garante o Correio da Manhã, a Federação Portuguesa de Futebol pediu ao hotel onde está instalada a Selecção Nacional para contratar um(a) cabeleireira(o) e uma esteticista para a equipa. Talvez alguém deva explicar à Federação a diferença entre "os jogadores vão participar na festa do Europeu" e "os jogadores vão participar numa festa".

4 - Stevie Wonder diz que Barack Obama é uma mistura de John Kennedy com Martin Luther King. Eu, que até sou fã e Obama, acho que o Stevie Wonder está a ver bem a coisa...

6 comentários:

CASAL TUGA disse...

Mas, Portugal é mesmo um país??
Ou, será uma coisa ainda por designar, com aspirações a país?...

Bjs & Abraços

Jorge Pessoa e Silva disse...

Portugal é mesmo um País. Sou eu, são vocês, são todos os que um dia vão ter de dar um gripo bem alto. BASTA!

LNeves disse...

O Stevie nem é burro de todo!!!

***MUAH***

Jorge Pessoa e Silva disse...

... não é burro não senhor ... E até canta muito bem.
"I just called to say wellcome, I just called to say happy to se you aroud..."

Beijinhos

JFA disse...

... não é por nada mas acho que o petróleo subiu 10% na sexta-feira... (http://www.jornaldenegocios.pt/index.php?template=SHOWNEWS&id=319574)

... mas o pior cego é quem não quer ver...

Jorge Pessoa e Silva disse...

Meu caro JFA:

Os mercados estão tão malucos que o barril de petrólico chegou aos 122 dólares na quinta-feira (não me perguntes em que jornal li, porque os leio todos por dever profissional) e no dia seguinte voltaram a disparar. Ou seja, eu escrevi o post de manhã bem cedo, programei-o para a tarde e à noite reparei que o barril tinha disparado outra vez. Podia ter corrigido? Eliminado o comentário? Podia, mas não o quis fazer. Porquê? Porque este não é um blog de jornalismo (isso faço eu no meu jornal), nem tenho a preocupação de ser exacto. Por vezes só me apetece dizer disparates, de desabafar, de distorcer a realidade. Porque mesmo que o post esteja factualmente desactualizado à hora em que foi publicado, está moralmente correcto. Se pensarmos também que as petrolíferas demoram cerca de três semanas (penso eu) a reflectir no litro da gasolina as variações do preço do barril de petrólio, houve um momento esta semana em que o mesmo baixou 10 por cento. Logo, quero ver se dentro de três semanas vai baixar o preço da gasolina em 15 cêntimos... Nem que seja só por um dia... Se baixar 15 cêntimos, eu cá estarei para pedir desculpa à GALP, à BP, à Repsol, à Total, a todas as que me lembrar...

De qualquer forma, um abraço amigo e sincero. Volta sempre. Nem que seja para me corrigires. É mil vezes melhor do que ser ignorado.