sábado, 26 de dezembro de 2009

Natal em três cenas

Natal1

Acho piada quando os pais fazem um esforço danado para educar os filhos e os avós teimam em contrariar tudo... Isto a propósito do Pai Natal, que desde cedo ensinei aos meus filhos que não existe. Quer dizer, o meu rapaz, de 20 meses, ainda fica a olhar para mim com aquela cara de «que estás para aí dizer, pai, dá-me mas é uma bolacha», mas de pequenino ele tem de saber que o pai natal não existe.

Os meus sogros é que pensam de maneira diferente e toca de se disfarçarem para aparecerem aos netos de vermelho e barbas e um saco de prendas. Eu até me podia chatear, mas não disse nada. Afinal, os meus sogros são gente boa e às vezes temos de fazer as vontades às... crianças. Ainda que tenham mais de 60 anos...

De qualquer forma, não me fiquei. E vinguei-me. Cada vez que a prenda era um brinquedo, eu dizia que tinham sido os avós, os tios, ou os pais a oferecer a prenda; cada vez que era roupa eu dizia que eram as prendas do Pai Natal...
Moral da história: os meus filhos até podem acreditar no pai natal, mas queimei todas as hipóteses de ficarem a gostar dele...

Natal II

Quer dizer, o JC faz anos a 25 de Dezembro e a malta junta-se para assinalar o aniversário na noite de 24; ele é que faz anos e os outros é que recebem as prendas; deitam-se todos tardíssimo e anda tudo com cara de ressaca no dia 25. Se me fizessem isso no meu aniversário era capaz de ficar aborrecido.


Natal III

O meu Natal foi bom, tirando o facto de ter ficado de castigo. É que a minha mulher não achou especial piada que eu e o miúdo tenhamos comido a mousse de chocolate com os dedos e directamente da tigela... Paciência, valeu pela diversão. E pelo bigode do puto. Então quando ele sorria, um espectáculo...

14 comentários:

@tt disse...

Castigo amigo! Agora... só para o anos e a ver vamos...



Boas festas (p'lo corpo todo com ou sem mousse...).



Beijo.te

Jorge Pessoa e Silva disse...

rs..rs..

Attitude


A ver vamos? Eu bem que gostava de ver...rs..rs.. E com mousse, sempre...rs..rs.

Beijinhos

P.B. disse...

Olá

Natal 1

É incrível o poder que os avós têm para contrariar os pais! Gostei da maneira original deles passarem a odiar o Pai Natal...

Natal 2

A ideia é comemorar pela noite dentro, coisa que normalmente nem acontece muito... Pelo menos cá por casa não adere toda a gente a fazer noitada por causa disso!

Natal 3

rsrsrsrsrsrsrs

É pior o pai que o filho! rsrsrsrs

Beijinhos e bom ano!

Porta-te bem para amenizar o castigo :D

@tt disse...

Esqueci aquela parte em que vais ser Pai Natal... para te despires para mim. Ahahahahahha Eu pago!!!




=))
Beijoca boa.
[Feliz 2010 ou boas entradas com óptimas saídas... mas olha o ritmo!!!]

Jorge Pessoa e Silva disse...

Viva P. B.

Olha, em primeiro lugar, deixa-me que te diga que ando há muito a tentar adivinhar o teu nome, isto se P. B.forem mesmo as iniciais... rs...rs... Estava a pensar em Purificação Balbina. Acertei? rs...rs..rs..rs.. Ok, bem me parecia. E acredita que não estou à espera que respondas, não é por acaso que usas o P. B. rs...rs..rs..

No mais, tenho-me portado bem, porque eu de castigo faço mais birras do que os meus filhos...rs..rs..

Beijinhos e boas entradas

Jorge Pessoa e Silva disse...

rs..rs..rs..

Attitude

E quem paga a tua ida ao hospital com um ataque compulsivo de riso? rs..rs..rs..

Boas entradas para ti também. :-)

Beijinhos

P.B. disse...

rsrsrs


Olá Jorge, P.B., são realmente as minhas inicias, mais precisamente do primeiro e último nome... Que vem de Patrícia B...., fica descansado, não é Balbina ;)

Beijinhos e boas entradas também para ti

@tt disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
o lado do futebol disse...

Visitem:

http://oladodofutebolquenuncaviram.blogspot.com/

A pedido de alguns visitantes do blog, estamos de volta com as noticias mais improváveis do futebol.

Abraço e bom ano.

PS: Se quiserem fazer troca de links, informem-me por favor.

Henrique ANTUNES FERREIRA disse...

Jorginho

Esta coisa do Natal, abordada já no ano novo por este malandro que sou eu é um verdadeiro atentado à sanidade mental do cidadão mais correcto e coerente. Tem dias. Mas, é o que se pode arranjar, com boa vontade q.b.

Venho hoje aqui para te dizer que continuo a visitar-te, continuo a gostar de o fazer, continuo a achar excelente o teu blogue, continuo teu Amigo. E espero continuar assim durante este 2010 em que já estamos. A maior parte das vezes, não deixo cumentários, com o, porque não chego para as encomendas…

Muito obrigado pelo que me deste, que foi muito, e a que eu talvez não tenha correspondido como tu mereces. Vou tentar ser um pouquinho melhor nos 361 dias que se seguem. Mas, não prometo nada. Sou um malandro. Bom? Penso que menos mau… De qualquer maneira, oxalá o novo ano te traga o que entenderes melhor.

E peço-te desculpa por este ser um texto comum. Com a quantidade de gente como tu, não podia ser de outra maneira. Não sou uma centopeia, para chegar a toda a parte, muito menos um deus para ser omnipresente. Espero por ti, sempre que queiras visitar-me na minha Travessa.

Abs

Jorge Pessoa e Silva disse...

Enorme Antunes Ferreira

Grato pelo comentário e desculpas escusadas que eu sei como são as coisas, como é a nossa vida e a consciência também me pesa pelas omissões em relação às pessoas de quem gosto e que admiro.

Um grande abraço e um excelente 2010

Jorge Pessoa e Silva disse...

Olá Patricia

Bonito nome. Balbina também não seria feio...rs...rs... (digo-o, com pouca convicção, não vá a minha madrinha estar a ler isto... rs..rs..

Beijinhos

june disse...

Hehehehe...Também não gosto do "pai comercial" mas pronto, e tal...
Adorei a mousse com os dedos...
É Natal ninguém leva a mal ;)

Jorge Pessoa e Silva disse...

June

Olha, eu mousse é com os dedos, é com... é melhor mudar de assunto antes que me estique...rs..rs..rs..

Beijinhos