segunda-feira, 29 de junho de 2009

É duro ser pai

Ontem, ao tirar um tabuleiro do forno, queimei-me e não consegui evitar um bem audível «foda-se»... O meu filho reagiu muito bem: olhou para mim e disse gugu-gagá. Já a minha filha fulminou-me com aquele olhar reprovador, obrigou-me a lavar a boca com sabão (tenho de estar mais atento ao que anda a aprender em casa dos avós...) e disse-me que estava proibido de ver com ela, pela 150ª vez, a cassete que lhe gravei em tempos com os episódios das "Pistas da Blue"...

À tarde, no carro, um apressadinho meteu-se à minha frente, à má fila, para ganhar um mísero lugar na fila para o semáforo. Não contive o insulto, mas como estava com a filhota, lá me controlei:

- Vai para a senhora que presta serviços de descompressão corporal e que te deu à luz, meu "homem que ostenta ornamentos na testa" de dejectos...

- Pai, o que é que isso quer dizer?

Fiquei de responder hoje. Que lhe digo?

22 comentários:

jc disse...

Bom dia, Jorge

Esse é o foda-se mais ouvido cá em casa, ou não fosse eu o cozinheiro... curiosamente o meu filho nunca reclamou dos foda-se's que eu grito. O mesmo já não posso dizer da sua mãezinha, que reclama que ele aprende tudo o que ouve...
Mas, agora com essa dos avós, deixaste-me a pensar...
Quanto à explicação que deves à tua filhota, diz-lhe a verdade, não se deve mentir às crianças. Diz-lhe que o senhor é carente de afectos e que a mulher dele não o ajuda em casa...

Abraço

Attitude Problem disse...

Jorge...
Sê sincero! Diz-lhe que terás de lavar a boca com sabão... novamente! =))




Mil beijos.

Jorge Pessoa e Silva disse...

rs..rs..rs..rs..rs...

Viva JC

E se ela me perguntar o que é carência de afectos? rs..rs.. Mas olha, gostei da tua explicação...

Em relação às asneiras, na maioria dos casos impressiona mais os filhos a carga com que as dizemos do que a asneira em si.

Grande abraço

Jorge Pessoa e Silva disse...

rs..rs..rs...

Viva Attitude Problem

Acho que tens razão, até porque a experiência diz-nos que, às vezes, quanto mais tentamos fugir às questões mais as complicamos e a emenda é pior do que o soneto.

Beijocas

provocação disse...

Eu se fosse a ti dizia-lhe que não queria ficar sem ver pela 151ª vez o episódio das pistas de blue...já agora, o que é isso???

Ana disse...

LOOOOOOL!
Conhecendo a tua filhota, ela vai-te massacrar até tu lhe dizeres o que isso significa, por isso se sincero!
Mas tens q ter mais cuidado c o q dizes!
Beijocas gdes!
Cristina

PAULO LONTRO disse...

Não digas nada, dá-lhe um DVD novo, entretanto ela esquece!

O meu puto, esta fim-de-semana no picnic, mandou parar dois polícias e começou a fazer-lhes golpes de Kung Fu e a tirar-lhes fotos.
Conclusão, tu baralhas a miúda mas eu ainda vou preso...
:)

Penguin disse...

A crinça é inteligente, não a enganes.
a tua sorte é que o outro pequeno ainda nao fala :P

Jacinta Correia disse...

Querido amigo, pede-lhe para adiar o prazo da resposta... até... até ela fazer 14 anos. Se ela concordar, estás safo, senão lamento por ti porque vais ter que ser bastante criativo. Um bj.

Equilibrista disse...

Ola =)

Começo por dizer, que não a conheço, mas já adoro a tua filha de paixão! Tem fibra a miúda! =)

Em segundo lugar, PASSEI =))) e não precisei de ir a oral!

Por fim, acho que lhe podias dizer que foi a forma gentil de não dizeres asneiras... Ora pois bem, diz-lhe a verdade e ela ainda é capaz de ficar contente com os progressos! ;) Depois não te livras é de ver as pistas da blue outra vez... eheh (naquele programa, a única coisa que se aproveita é o rapazinho, eu acho que mesmo que fosse criança não ia fostar mt de ver, ou talvez fosse gostar!)

**

Jorge Pessoa e Silva disse...

rs..rs..rs..rs..

Viva Provocação

Calculo pela pergunta que não tenhas filhos, pelo menos entre os cinco e oito ou nove anos... rs..rs...

Dava no canal 2 e eram episódios do jovem Duarte que contracenava com uma série e personagens. A Blue era uma cadela e em cada episódio o Duarte tinha de descobrir o que queria a cadela seguindo uma série de pistas...

Ao episódio 35 até comecei a achar graça... rs..rs..rs.. E já decorei muitos dos diálogos...rs..rs..

Beijinhos

Jorge Pessoa e Silva disse...

rs..rs..rs..

Cristina


Cuidadoso deveria ser o meu nome do meio, mas algures pelo caminho alguém se esqueceu de o registar na conservatória...rs..rs...

Beijocas

Jorge Pessoa e Silva disse...

rs..rs..rs..rs...

Viva Paulo Lontro

Não o conheço, mas já gosto desse teu miúdo. Agora, só tens de encaminhar a criatividade dele para coisas mais interessantes. O meu, com 15 meses, a manter este ritmo, também vai ser fresco, vai... No outro dia fez-se à farmaceutica que me aviou uma receita e nesse dia percebi a sério que poucas coisas tornam um homem mais sexy do que andar a passear com o filho...rs..rs..rs...

Quanto à tua sugestão, o DVD novo está já prometido. E o raio da miúda até tem uma lista de umas boas dezenas que quer... Cruzes... No meu tempo, além de só haver VHS, as opções eram apenas entre o Tom Swayer, a Heidi e o Marco... rs..rs..

Grande abraço

Jorge Pessoa e Silva disse...

Viva Penguin


O meu filhote não só não fala, tirando mãe, pai, mana, bola e porta, como se disser esternocleidomastoideu com a minha cara... natural ainda se desmancha a rir...

Beijinhos

Jorge Pessoa e Silva disse...

rs..rs..rs..

Viva Jacinta

Vou-lhe dizer que estava a dizer que não concordava com a manobra dele e logo a seguir pergunto se quer brincar comigo... Como ela gosta, até esquece de fazer mais perguntas...rs..rs...

Beijocas

Jorge Pessoa e Silva disse...

rs..rs..rs..

Viva Equilibrista


Pois, a minha filhora deve ser das poucas crianças no mundo que repreende o pai por comer... chocolates! Achas normal?

E se estou muitas horas no computador, e se não como a sopa, e se não lavo os dentes logo a seguir à refeição, e se.... E não estou a exagerar...

Cruzes, que saudades dos raspanetes da minha mãe...rs..rs..rs..rs..rs...


Fico feliz por teres conseguido a nota para passares. Mas nada te impede de continuares a imaginar o professor da forma que te sugeri...rs..rs...

Muita força para o que resta

Beijocas

Joao Filipe disse...

Grande Jorge.

Eu sempre ouvi dizer que se deve dizer a verdade aos filhos.
E até pode ser uma boa ideia ensinares os teus filhos os significados das palavras ensinando-lhes os significados para eles adivinharem as palavras.

Agora essas aí, como n tenho filhos n te posso ajudar.
Se tivesse...bem, mais valia saber pelo pai do que saber pelos colegas da escola. assim, se lá na escola se metessem com ela, ela sempre os mandava pra esses lados, e ainda ficavam a pensar que a niña é bué inteligente.

Mas isto sou só eu a divagar.

Abraço

Jorge Pessoa e Silva disse...

rs..rs..rs..

Grande Nico

Mas essa ideia é genial: ensinar os putos a insultar com palavras cara....rs..rs..rs... Vou já escrever no caderninho mais alguns insultos de luva branca...rs.rs...

Grande abraço

EAM disse...

Oi Jorge,
Apesar do pouco tempo, não podia deixar de comentar.
A tua miúda vai longe.
Sempre achei que se devia dizer a verdade aos miúdos, há sempre forma de explicarmos de modo que eles compreendam. A pior situação que tive, foi quando o André tinha 6 anos, tinha entrado a pouco tempo para a escola, chega em casa e diz:
- Mãe os meus colegas disseram que foder é quando um homem mete a pila na chereca da mulher, eu ri na cara deles, é claro que isso é mentira, não é?

Imagina a minha cara diante do puto. Conclusão, sentei e expliquei tudo com todas as letras, acrescentando que não se devia dizer as coisas daquela maneira e que ele deveria ter sempre muito respeito pela irmã...
Depois, um pouco mais velho, pergunta-me o que era masturbar, disse a ele que isso era melhor perguntar ao pai, mas foi enrolando e não perguntou, sempre estiveram mais à vontade comigo, passado algum tempo refere a palavra punheta ao que eu digo, ainda me perguntas o que é masturbar e ele responde: - Ah! é isso. Ainda bem já não tenho que perguntar ao pai.

A vida tem me mostrado que a verdade é sempre melhor, e tenho muito orgulho na maneira direta e franca que sempre conversei com os meus filhos.
Vai por aí Jorge, acredita que é a melhor opção.

Beijinhos.

Jorge Pessoa e Silva disse...

rs..rs..rs..rs..

Viva Fátima

Olha, eu sou fã da palavra Chereca...rs.rs... É certo que me faz lembrar o Shrek, mas em ambos os casos fascina miúdos e graúdos e é sempre bom para a brincadeira e passarmos horas de diversão...rs..rs..

A tua explicação faz-me lembrar aquela velha piada em que o miúdo pergunta à mãe de onde veio. Ela respondeu que de Paris, numa cegonha... Depois, perguntou de onde vieram o pai e avô. A resposta da mãe foi a mesma, ao que o miúdo concluiu, no seu diário, que há três gerações que não havia partos normais na família...rs..rs..rs..rs..

Às vezes também penso que nos custa a nós mais a explicação do que às crianças o entendimento. Talvez porque nos envergonhemos mais, vá lá saber-se porquê, do que eles.

Beijinhos e obrigado

Anónimo disse...

O que vais responder à filhota vai depender do quanto gostas das Pistas da Blue... como tudo na vida, é uma questão de pesar os contras e os a favor :D

Sofia

Jorge Pessoa e Silva disse...

Viva Sofia

Eu até gistei bem das primeiras 149 que vi os episódios todos...rs..rs... Vou dizer a verdade, para... ser proibido de ver tudo de novo...rs..rs...

Beijinhos