sexta-feira, 10 de julho de 2009

Cultura e sexo

Fiquei preocupado. Houve alguém que chegou a este blog depois de ter inserido no motor de busca a seguinte frase: «O meu marido humilha-me por achar que sou inculta. O que fazer?».

Minha amiga, se por algum acaso regressar a este blog (não podemos colocar de lado a hipótese de ter achado piada), aqui vão alguns conselhos meus:

a) Quando ele quiser o bem-bom diga-lhe que prefere ir a uma declamação de poesia alemã na biblioteca do Goethe-Institut...

b) Se ainda assim ele preferir o sexo, e você também estiver com vontade, deixe que ele se deite de costas na cama, ponha-se por cima e enquanto fez o sexo leia-lhe O Processo, de Kafka.

c) Prepara um almoço segundo os rituais de tribos amazónicas e lembre-lhe que a gastronomia é uma das superiores formas de cultura.

d) - Quando ele quiser ver o jogo de futebol na televisão, mude para o Canal 2 e diga que é sinal de cultura ver «A Alma e a Gente».

e) Se ele quiser ir de férias para o Algarve, diga-lhe que só aceita ir para Nova Iorque, que para além de ser uma cidade belíssima e entusiasmante, sempre tem um Museum of Modern Art, um Metropolitan_Museum of Art ou um Guggenheim.

f) Se, apesar de tudo, ele insistir em humilhá-la por ser inculta, espete-lhe com uma enciclopédia inteira na cabeça e vá à sua vida.

28 comentários:

Miss Shag well disse...

Oiiiiiiiiiiiiii!!!! :))))))))

Voto na F, logo á primeira humilhação...;)E eu até que sou mansa...lol...

Bjsssssssss

Jorge Pessoa e Silva disse...

rs..rs..rs..

Viva Joana

Obrigado por me lembrares que nunca te quereria ver zangada...rs..rs..rs...

Beijocas

Miss Shag well disse...

Oh, Jorge,

devia ser impossível tar zangada contigo mais que uns segundos...:)))))))))´


Bjssssssssssss

Lize disse...

Voltei ;P

Surpresa das surpresas, continuo aqui no rectângulo plantado à beira mar. Prometo andar um pouco mais presente. Estou a ver que tu continuas em muito boa forma... humorística :D Do resto não sei que não te conheço para falar disso xD

Beijoo :D

Lady Macbeth disse...

subscrevo todas as alíneas e acrescento, se ele entretanto vomitar após levar com a enciclopédia, obrigue-o vomitar em soneto de camões versus barbosa du bocage.

Liliana disse...

Olha quem se lembrou de vir mandar um beijinho e não comentar o post... :P

:))

Equilibrista disse...

Eheh... Ela se quiser eu empresto-lhe aqui um livro que tenho bastante pesado, que já que não tem assim tanta utilidade (para além do facto de ser um óptimo desamassador - será que isto existe? - de folhas enrugadas), assim torna-se bastante útil! =)

Bom fim de semana**

Jorge Pessoa e Silva disse...

rs..rs..rs..


Joana


Agradeço, comovido, esse voto de confiança

Beijocas

Jorge Pessoa e Silva disse...

VIVA LIZE

Que bom ter notícias tuas. E eu a imaginar-te nos estates....

Tudo bem contigo? Fiquei curioso, mas este não é o local certo para este tipo de conversas...rs..rs..

Obrigado pelo elogio. Acho que em matéria de boa forma me fico mesmo pelo humor, passe a presunção...rs..rs...

Beijinhos

Jorge Pessoa e Silva disse...

rs..rs..rs..

Viva Lady Macbeth

E que culpa têm o Camões e o Bocage? ...rs..rs... Bem por bem, eu voto... Bocage...rs..rs...

Beijinhos

Jorge Pessoa e Silva disse...

rs..rs..

Viva Liliana

Olha quem fez uma cara feliz por teres aparecido e nem comenta o teu comentário?

Beijinhos

Jorge Pessoa e Silva disse...

rs..rs..rs..

Viva Equilibrista

Que livro é esse?

Beijinhos

jc disse...

Jorge,

Não me leves a mal, mas gostava de acrescentar uma alínea, um pouco 'sádica':

g) Pode sempre comprar uma faca de talhante...

Bem sei que é forte, só de pensar nisso...

Bom fim de semana

Equilibrista disse...

Um livro muito bonito, que fica maravilhoso na estante, mas que não dá assim muito jeito, pelo menos para mim! Há quem diga que é o tratado de anatomia (dizem que eu devia, mas quase não estudei por lá), chama-se: "Gray's Anatomy" e é o pesadelo dos estudantes de medicina da FMUP! =p

**

P.S. - Sei que hoje deves estar muito triste, ouvi dizer que explodiu uma pastelaria aí por Lisboa; já imaginaste o número de bolos desperdiçados?? =)

Jorge Pessoa e Silva disse...

Viva Jc


De facto, é um tudo nada forte, mas podia ser bem pior, tipo comprar uma moto-serra...rs..rs..rs...

Mas pronto, a senhora de humilhações já tem a sua dose, escusa de ter mais algumas na prisão...rs..


Abraço

Jorge Pessoa e Silva disse...

rs..rs..rs..rs..rs..

Equilibrista


O quê???!!!!! Olha, nem sabia... Que desperdício.... rs..rs...

Quanto ao livro, pelo que me dizes, então prefiro a série...rs..rs...

Beijinhos

Equilibrista disse...

Ai mas a série é mt melhor! =))
Eu tive conhecimento da série no ano em que comprei o livro, e no início nem podia ouvir falar nela =p

eheh

**

@ttitude disse...

(Ainda respiro... volto dentro de momentos!)

Joao Filipe disse...

Grande Jorge.

A senhora que ofereça ao marido 2 livros: A Biblia e o Kamasutra.

Se der mais atenção à Biblia, nunca mais será inculta na vida. Se der mais atenção ao Kamasutra, é pedir o divórcio.

Abraço

Jorge Pessoa e Silva disse...

Equilibrista


Deve ser dos poucos casos em que a série, ou filme, dependendo do caso, é melhor do que o livro...rss..rs..

Beijinhos

Jorge Pessoa e Silva disse...

Viva Attitude

:-)

Aguardo

Jorge Pessoa e Silva disse...

rs..rs..rs.

Grande Nico


Não está nada mal pensado, não...rs..rs.. É como o algodão: não engana... rs..

Grande abraço

Ai e Tal... disse...

Nem sei que te diga... BRUTAL!!! Ri-me como se não houvesse amanha!!!

LOLOLOLOLO

***MUAH***

Jorge Pessoa e Silva disse...

Viva Ai e Tal

Nem sei que te diga... Brutal é o teu comentário, que me comove.

Mas ri-te como se houvesse amanhã, porque gostava de voltar a receber a tua visita ;-)

Beijinhos

Freyja disse...

Olá boa tarde caríssimo Jorge!


Saravá? :)

Pois a mim parece-me que a resposta que a dita deveria de ter dado seria: "Bom, então se me achas inculta... Why on earth did you married me?!"

Se de facto primar pela inteligência e reconhecer um certo lapso acusado pelo dito marido, sugeria, a acrescentar à tua lista, o seguinte esclarecimento:
"Se me achas inculta posso sempre tentar mudar, mas depois não te admires de levares um chuto no cu, porque de facto só uma gaja distraída atura um asno como tu!"

A juntar a isto poderia por em prática as tuas enunciadas opções que me parecem perfeitamente capazes de induzir qualquer tipo de raciocínio na cabecita do asno, ou melhor... marido!


Qualquer tipo de humilhação perpétuada sobre qualquer ser humano é passível de crime, caso disso alguém não se recorde!
Logo, qualquer coisa que não inclua prisão, parece-me uma penitência bastante simpática!


Caso a senhora em questão não se recorde de uma frase pouco simpática para lhe dirigir, poderá sempre experimentar mandar-lhe com o tacho à cabeça e provar-lhe o quão dotada ela é!

Antes que me esqueça, pregar (na parte de dentro da porta de casa ) a venerável lista dos Direitos Humanos também era uma acção perfeitamente passível de compreensão.

Para que não pensem que sou uma feminista extremista, o mesmo valia se fosse o inverso, ou seja, ele ser catalogado de "inculto" por uma qualquer ditadorazinha...


Anyway, seja como for, assino e subscrevo as tuas indicações na totalidade!

kiss revolto,

Jorge Pessoa e Silva disse...

Viva Freyja :-)


Olha, senti firmeza. E até pena antecipada de algum homem que ousar sequer pisar a ponta da tua unha...rs..rs..rs...

Mas acho que o espírito é mesmo esse. Ela casou com um asno e a minha brincadeira consitia apenas em virar o feitiço contro o... asmo....rs..rs..rs...

Beijocas

Freyja disse...

Caro Jorge,


Sou uma personagem bastante pacífica e por norma bastante silenciosa. Porém, se há algo que me tira do sério é qualquer tipo de desrespeito perpétuado sobre outro ser humano. Ainda mais intoleravel se torna, quando é dirigido à minha pessoa, claro!

Porém, apesar de tamanho alarido, ainda consigo ter alguma dose de compreensão e por norma antes de "mandar o tacho" pergunto sempre se tem alguma coisa a dizer em relação ao assunto!

Por isso sugeri à senhora que questinasse o esposo, ou asno, antes de mandar o tacho! hehehe

E Jorge, não te esqueças que cão que ladra não morde (tem dias...) e se merece o meu refilar é porque deve de ter feito das boas!


Beijocas :)

Jorge Pessoa e Silva disse...

Freyja


Nou ouso duvidar do teu carácter pacífico e dos teus silêncios. Aliás, porque por norma quem ladra não morde, é de quem não ladra que muitas vezes saem as atitudes de maior firmeza.

E só não digo que adorava estar presente no dia em que tivesses de mandar mesmo o tacho à cabeça de alguém porque esta ideia hilariante e que em abstrato me diverte não esconde a ideia que terias de estar a sofrer para fazer isso.

A minha preocupação de fundo mantém-se: nunca merecer levar com um tacho teu...rs..rs... Mas não é tarefa difícil, já que é fácil, pelo que mostras, tratar-te bem.

Beijinhos