terça-feira, 31 de março de 2009

Sexo Cristão vs. Eu mesmo

Como sabem, todos os dias recebo dezenas de emails com pedido de conselhos sentimentais e sexuais das pessoas. Desta vez, pedi a ajuda do site brasileiro Sexo Cristão, evangélico, onde técnicos deram também a sua opinião. Eu, às vezes, gosto que as pessoas mantenham a mente aberta e oiçam outras teses. Depois, decidam por si próprias.


1 - Eu e o meu marido gostamos de sexo anal. Será pecado?

Sexo Cristão (SC) - Querida filha, o sexo anal é prejudicial a sua saúde, você poderá muito em breve ter incontinência fecal. Sabe o que significa isso? É perder o controle das sua própria fezes, é terrível. Deixe de ter relações anais que será muito bom para seu corpo, e mente, você se sentirá melhor.

Riologoexisto (RLE) - Querida filha, acredite que há muita gente que tem incontinência fecal e a maior parte dela nem é pelo ânus... Será que com sexo vaginal também vai sofrer de incontinência urinária e passar a usar fralda? E o sexo oral? Passará a babar-se como se não houvesse amanhã? Você e o seu marido gostam? Façam o favor de ser felizes.

2 - Moramos juntos, tenho uma relação feliz, um homem que me ama, mas não somos casados... Será adultério?

SC - De acordo com a Bíblia, o sexo fora do casamento é prostituição. Adultério é o relacionamento sexual entre uma pessoa casada com alguém fora do casamento, ou vice e versa.

RLE - Acabei de descobrir que sou um prostituto. Confesso que até gosto da ideia... Ora para a sociedade, ser prostituto é mais grave do que ser adúltero. Logo, segundo a resposta anterior, a sociedade aceita melhor que uma pessoa ande de cama em cama do que viva feliz com outra pessoa sem sem casado com ela. Faz todo o sentido...

3 Porque não apedrejam os adúlteros hoje em dia?


SC - (dá uma resposta tão longa e rebuscada que fiquei na mesma)

RLE - Pela mesma razão que os cristão deixaram de se lançados aos leões; que a Inquisição deixou de existir; que os Aliados se revoltaram contra Hitler... Mas haja esperança, meu caro amigo: ainda há homens e mulheres que levam com balas na cabeça e golpes de machado por maridos ou mulheres traídas. Nem tudo está perdido. O Mundo enlouqueceu e imagine que há gente que está mais preocupada com juízes que condenam violadores de menores a quatro anos de pena suspensa e sem vigilância médica do que com sexo entre pessoas que vivem juntas sem viverem em matrimónio. Santo matrimónio, acrescento.

4 - É pecado um casal cristão ir a um motel?


SC - Não há pecado sexual em ir a um motel COM O SEU MARIDO, pois ambos são casados. O problema está no fato de um conhecido (ou outra pessoa) vê-los entrando num motel (ou reconhecer apenas um de vocês, o que é bem pior...). Isto sim pode prejudicar a imagem do casal cristão, pois o motel, na mente das pessoas, está relacionado com o adultério.

RLE - Só uma dúvida: quem é que vos pode ver a entrar num Motel? Quem por lá anda, certo? E essa pessoa vai 'manchar' a imagem do casal como? 'Denunciando-se'? Meus amigos, pecado é irem a um motel, pagarem e não... quer dizer, vocês percebem...

5 - Quando pessoas evangélicas casadas fazem amor, existe algum problema em se tocarem e acariciarem com as mãos em suas partes íntimas (Pênis e Vagina)?

SC: A relação sexual não compreende apenas o ato do coito em si, mas de uma série de preliminares que são fundamentais para dar intimidade e prazer ao casal. O sexo não pode ser visto como algo impuro ou imoral, deve ser vistos por nós cristãos , como algo maravilhoso, criado por Deus para deleite do casal. Só para procriar? Não, a procriação deve ser responsável.

RLE - Nada a acrescentar, só para provar que não estou aqui só para embirrar...

44 comentários:

CarlaSofia disse...

olá jorginho
só tu para me fazeres rir
continuação de boa semana
beijinhos

P.B. disse...

rsrsrsrs


Estou a ver que estás a voltar ao teu normal :D
De certeza que estudaste para padre? E não ficaste com aquelas ideias retrogradas que a igreja nos quer incutir? Fico muito feliz que assim seja...

Beijinhos

Equilibrista disse...

Eu tenho a dizer que a última resposta me deixou de boca aberta, porque estava a espera de algo mais semelhante às respostas anteriores!

Há muita coisa que não entendo na Igreja Católica, ainda assim, acho que devemos ser sempre críticos no que acreditamos e como acreditamos!

**

gabrielle disse...

vejo que estás mesmooooooo com muito tempo livre entre mãos...

esclarece-me só mais uma dúvida, o diminuitivo de prostituto é puto não é? eu vi logo!!!

beijos pecaminosos

Marisa disse...

ó Jorge tu explica ao amigo P.B. que te livraste a tempo do racalcamento. Mas se fosses padr pá, agora recebias uma pipa de massa. É Páscoa.
Beijinho.

P.B. disse...

Marisa, não é amigo, é amiga... Só fiz a dita pergunta por admiração e também com um pouco de ironia como deve ter percebido o Jorge!
E também como disse no comentário por o tempo que o Jorge passou no seminário não o deixou com as ideias antiquadas que infelizmente a igreja católica ainda tem.

Jorge Pessoa e Silva disse...

Viva Carlinha

Obrigado. Boa semana para ti também. Beijinhos

P.B. disse...

(...como disse no comentário por o tempo que o Jorge...)
substituir por:
... como disse no comentário, fico feliz por o tempo que o Jorge....

Peço desculpa pela falha... :D

Jorge Pessoa e Silva disse...

rs..rs..

Viva P. B.

Voltar ao normal deve ser um elogio, certo? rs...rs..rs..

Estudei para padre e sei que daria um padre espectacular... rs... Sem ironia... Felizmente, a moral sexual católica é um bocadinho menos rígida que a da maioria das confissões. Mas não deixa de ser rígida. Usei um site evangélico, mas infelizmente, a Igreja católica também tem uma péssima política de comunicação e nem sempre dá a oportunidade às pessoas para pensarem o porquê das coisas. Infelizmente, também, confunde a teoria com a prática e só aos níveis mais baixos da hierarquia se consegue adaptar à realidade.

A cúpula da Igreja católica, como todas as outras, sempre que se se meteu com sexo e tentou ditar lei errou quase sempre o alvo e a abordagem. Convinha parar para pensar e perceber que o combate à corrupção, aos crimes ambientais, à ganância, à arrogância, à fome, à ditadura, etc, é um combate onde as diversas igrejas deveriam empenhar-se ao máximo e deixar o sexo em paz...

Algumas das ideias nem são retrógradas. São é mal explicadas e sem aplicação prática. Eu até acho bonito que se defenda o sexo como manifestação máxima do amor entre duas pessoas e uma dádiva que se entrega numa relação abençoada por Deus. Mas o mundo é muito mais do que os que acreditam em Deus e o sexo é mais do que isso. É liberdade individual. Que, dentro dos limites da decência humana, não me cabe julgar. Até porque há tanta coisa no mundo com que nos devemos realmente preocupar...

Beijinhos

Jorge Pessoa e Silva disse...

Viva Equilibrista

Eu sou dos primeiros a bater nas igrejas e continuo a achar que a católica é das menos rígidas. Então se compararmos com algumas seitas, igrejas protestantes ou muçulmanas...

Mas também acho que a Igreja Católica tem as costas largas. Tirando um ou outro padre nascido há dois milénios, já ninguém defende o sexo só para procriar, por exemplo. Os padres Defendem o direito ao prazer e a legitimidade desse prazer, naturalmente balizado por uma relação sacramental, monogâmica e entre pessoas de sexo diferente.

Eu acho que as igrejas têm direito a uma moral sexual. Não têm é o direito a elevarem o sexo à condição de pecado supremo, como uma vez li numa igreja - não me lembro o nome - que os considera os mais graves após o homicídio...

E, repetindo uma teoria que defendo, deixem o sexo em paz, desde que feito de livre vontade, com respeito entre as partes, plena consciência dos actos praticados e respeito pela condição humana.

Beijinhos

Joao Filipe disse...

"Amai-vos uns aos outros" é o que me apetece dizer.

Por causa destas e de outras é que acho que a Biblia e o Kamasutra devem coexistir lado a lado na prateleira.

Abraço

Jorge Pessoa e Silva disse...

Viva Gabrielle

Essa do muito tempo livre entre mãos sugeriu-me logo um trocadilho de gosto algo duvidoso, mas contenho-me...rs..rs..rs..

Será puto? Deve ser, já que é assim que, por norma, me comporto. Para mais faço imensas birras... rs...rs... E com esta carinha de anjo barroco, ainda me fazem festas, pelo que o crime, às vezes, compensa... rs...

Beijos pecaminosos? Acho que temos conceitos diferentes quanto a isso. Os únicos beijos pecaminosos que conheço são os dados sem sinceridade. Todos os outros, como os teus, são recebidos com o carinho de quem os enviou.

E retribuídos.

Jorge Pessoa e Silva disse...

rs..rs..rs...rs..


Viva Marisa

Mulher, estou a sentir que estás a subir de forma... rs...rs...rs...rs...rs..

Olha, a P. B. é uma querida e estava a brincar comigo.

A ti te digo, que se fosse padre haveria de te ouvir em confissão... rs... rs... rs... rs...

Se fosse padre, não ficava recalcado. Mais facilmente seria proibido de falar...rs...rs...rs..

Beijocas

Jorge Pessoa e Silva disse...

P. B.


Eu percebi a ironia e acho bem que as pessoas se metam comigo e me testes sobre essa passagem pelo seminário... rs... Aliás, foram dos melhores anos da minha vida, por tudo o que aprendi. Da escola, ao deporto, ao canto, à música, ao teatro e até à religião.

Mais do que as teorias, a forma de comunicar da Igreja é que é antiquada. Mas ao nível superior. Hoje há uma nova geração de padres que conheço bem e que são uma lufada de ar fresco. Até porque o tempo está mais para agir do que para discutir grandes teorias. E há tanta gente a precisar de ajuda...

Beijinho, uma vez mais

Jorge Pessoa e Silva disse...

P.B.

Não tens de te desculpar. Era só o que faltava...

Mas olha, embora alguém que a gente conhece possa ficar com ciúmes, respondo porque sempre te posso mandar mais um beijinho... rs... rs... rs... Com carinho e admiração

Jorge Pessoa e Silva disse...

Grande Nico

Apoiado. Se bem que tanto na Bíblia como no Kamasutra há muitas posições que são quase impossíveis de alcançar... rs... rs... rs... rs...

Grande abraço

Moon_T disse...

Carissimo
vim cá só ver como andavam as modas e deparei-me com este post... nem sei como o qualificar. Pergunto-me se isso será de facto real. Recorda-me em seculo estamos

Confesso que a passagem foi tão rápida que nem li os comentários mas posso deixar aqui um comentariozinho relativamente ao nº4:

2pessoas casadas não tem mal nenhum mas não necessariamente com O SEU MARIDO/ESPOSA... seria pior que fossem para a casa do conjuge, não? Haja respeito

P.B. disse...

Eia Jorge... grande comentário... e ainda acompanhado por mais 2...

Sim, completamente, voltar ao normal é mesmo um elogio! :D fico muito contente pela recuperação estar a ser positiva! (pelo menos assim parece ;))

Não condeno o teres estudado para padre, muito pelo contrário, também eu fui catequista durante alguns anos. Mas sou sincera quando digo que não concordo com muitas coisas, não só relativas ao sexo, claro. Acho que a Igreja, não só a católica, deveria ter evoluído com o passar dos séculos.


E claro que estava só a brincar contigo, imaginei que conseguirias perceber isso...

Beijinhos retribuídos também com muito carinho e admiração

Obrigada :D

**laura** disse...

Jorge,

excelentes respostas!
Ultimamente tenho sido pouco tolerante com a Igreja, ando sem paciência para as calinadas que saem a respeito de aborto, uso do preservativo, etc. E acho que a Igreja teria muito a aprender com as pessoas que vivem no mundo real - as pessoas que sabem o quanto uma relação com outra pessoa (namoro, casamento, etc) pode ser exigente; as pessoas que sabem o que é ter filhos adolescentes em casa; as pessoas que convivem de perto com a toxicodependência, a prostituição, os abusos sexuais, a miséria... Porque, infelizmente, a Igreja (os Bispos, o Papa e etc) não conhecem essas realidades.

E pronto, chega de divagar...

Beijinhos, boa semaninha :D

Jorge Pessoa e Silva disse...

Viva Laura


Divaga à vontade que isso, por vezes, até faz bem. O único reparo que faço é que aprendamos a não meter os ovos todos no mesmo cesto. Ou seja, se é verdade que ao nível da cúpula falta, muitas vezes, o contacto com o mundo real, temos depois as bases. Muitos padres, muitos leigos, muitos voluntários que estão no terreno e têm uma visão muito mais pragmática das coisas. Eu fui seminarista e conheci muitos padres espectaculares, muitas pessoas que dedicaram e dedicam as suas vidas a causas sociais. Além dos padres missionários, ou simples voluntários, que abdicam de tudo para servir o próximo. Para mim, esses são a verdadeira igreja, porque estão próximos de quem juraram servir.

A nossa missão é agir em consciência. Ser tolerantes, porque também precisamos de tolerância. Ser solidários, porque também precisamos de solidariedade. Sermos mãos, olhos ou ombro para alguém, porque também precisamos.

Aceitarmos que somos frágeis, para aceitarmos a fragilidade.

E nunca confundir a mensagem com o mensageiro. Acho que o próprio Jesus Cristo, se regressasse, corria com muitos dos seus seguidores à bastonada... rs...rs...

Beijinhos e boa semana também

EAM disse...

Oi Jorge
Acho que há uma grande confusão na cabeça das pessoas,principalmente na daqueles que detém o poder, mesmo o religioso.
Religião para mim é Amor ao próximo, a nós e a Ele.

Sexo deveria ser uma das grandes manifestações de Amor entre duas pessoas, deveria ser sempre um momento mágico em que tudo vale desde que os dois tenham vontade.

Quanto a igreja católica, realmente eu discordo de algumas coisas, mas também há muito de bom que se faz e a maioria das pessoas nem se dão conta.

Já agora, acho que terias dado um excelente padre, polémico talvez, mas um padre que os jovens e as "cotas" como eu iriam adorar.

Beijinhos.

provocação disse...

Muito bom! Continuas em grande Jorge! Parabéns por seres quem és :)

Jorge Pessoa e Silva disse...

RS..RS...RS..RS..

Cota Fátima? Quer dizer que eu também sou?...rs...rs...rs...

Assino tudo por baixo. E talvez não fosse tão polémico quanto isso. Seria apenas mias realista, mas pragmático, mais elástico na interpretação das Escrituras. Porque, Fátima, tudo se resume mesmo no Amor ao próximo e a Ele.

Beijinhos

Jorge Pessoa e Silva disse...

Obrigado Provocação


Obrigado também eu pelo génio com que vais pincelando o teu blog e desculpa a falta de tempo para comentar como eu gosto.

Beijinhos

Luxúria x Tentação disse...

Muito se aprende por aqui! =))
(Hajam pessoas como tu para distrair a crise...)


*Beijos*
Tentação

EAM disse...

Na realidade não me sinto "cota" talvez um pouco fisicamente, mas a minha cabeça continua como quando tinha vinte anos, apenas com um pouco mais de sabedoria e calo. Porem quando temos um filho com vinte e dois anos, uma filha com vinte e um casamento que dura a vinte e quatro, é um pouco assim que os mais jovens se referem a nós, embora não me chamem de Cota que eu não deixo.rs rs rs rs

Jorge Pessoa e Silva disse...

Viva Tentação

... e pessoas como tu para o mundo nos parecer melhor.

Beijinhos

Jorge Pessoa e Silva disse...

Fátima

Para ser sincero, eu nem me sinto cota nem jovem. É como se não tivesse idade e me limite a ser eu, sem pensar muito se os meus comportamentos estão ou não de acordo com a idade que tenho.

Nem sei se tenho mais experiência, tantos os erros que teimo em repetir. E às vezes penso que recusei crescer algures na minha adolescência.

Sei que gosto da vida e lamento nem sempre saber sugar-lhe o tutano...

Mentalmente, não sei porquê, dou-lhe 45 anos. Sei que não se pergunta a idade a uma senhora e eu não vou perguntar. Mas é a idade que eu penso que tem. Ando muito longe? rs...rs...rs..

Beijinho

**laura** disse...

Jorge,
tens razão. Há padres que estão mais próximos da população e que têm outra atitude e outra consciência do mundo real... mas até que estas gerações conquistem a cúpula (onde poderão fazer chegar a sua voz a muita gente), ainda faltará muito tempo, não é? No entretanto, o que vemos é que as pessoas se afastam da Igreja que parece cultivar valores desfasados dos tempos que vivemos...
Beijinhos

EAM disse...

Jorge
acertou em cheio, são mesmo 45, 46 a partir de Junho.
Na realidade eu também não sei se me sinto jovem, acho é que já tinha os pés muito assentes na terra aos 20.
Os anos foram trazendo alguma experiência ou melhor foram me ensinando a viver.
Errar e voltar a cometer os mesmos erros, não é burrice, como dizem alguns, é acreditar no sonho e não deixar de sonhar. Acho que o segredo está em aprender a viver contornando os obstáculos. Infelizmente os maiores erros que cometi na vida foi acreditar em algumas pessoas e depois acabar me decepcionando, mas, como viver sem acreditar no ser humano?
Não fiz grande coisa da minha vida até hoje, apenas fui e sou mulher e Mãe. Tenho a certeza que poderia ter dado muito mais a mim mesma, porém não me arrependo das escolhas que fiz.
Queria começar algo novo agora que as crias estão prestes a deixar o ninho, mas a sociedade dá poucas oportunidades as mulheres com a minha idade e currículo, mas isso já é outra história....
E como sempre, depois que começo nunca mais me "calo"....
Beijinhos

Attitude Problem disse...

Confesso que é muito bom visitar-te! ;))


Um beijo.

Jorge Pessoa e Silva disse...

Laura

Há de facto valores que não são fáceis de conviver com os dias de hoje. E muitas vezes confunde-se a mensagem com o mensageiro. Em última análise, temos a nossa cosnciêcnia, a quem nos devemos manter fiéis. E ao respeito que devemos a todos.

Beijinhos

Jorge Pessoa e Silva disse...

Fátima

Nunca fez grande coisa da sua vida? Se apenas foi mulher e mãe então então fez o mais difícil e mais nobre que se pode pedir a uma mulher: ser mulher e ser mãe. A avaliar pelo que leio da sua filha, tem razões para se sentir ralizada. Porque a Fátima escolheu a mais difícil de todas as "profissões": ser mulher e ser mãe, se bem percebi, a tempo inteiro.

Reconheço que não é fácil fazer algo de novo, em função do tal currículo ou da falta dele. Há sempre a hipótese de escrever num blog...rs..rs.. Sobre ser mãe e ser mulher. Porque lhe revejo a juventude, a abertura de espírito, a força e até a serenidade para nos falar ao coração.

Por último, o 45 é um número garantido na minha próxima aposta do Euromilhões....rs...rs...rs..

Beijinho e, por favor, nunca se cale.

Jorge Pessoa e Silva disse...

Viva Attitude Problem

Gostava que fosse tão bom como receber a tua visita.

Beijinhos e obrigado por tudo

EAM disse...

Jorge

Tens a grande capacidade de nos fazer sentir bem.
Obrigada pelas tuas palavras.
Só mais uma coisa: acho que também conheces o meu outro Tesouro, vai, através da equilibrista, ao blog Pensamentos soltos (não sei o endereço direito), foi ele que nos falou de ti e depois nunca mais te largamos.
Sou mesmo uma Mãe coruja.
Beijinhos.

Jorge Pessoa e Silva disse...

Fátima

Foi uma boa surpresa descobrir quem é, afinal, o rapaz. Pena que ele não tem actualizado o blog, mas deve andar na luta e com pouco tempo para a escrita. E é bem parecido, como a irmã... rs... rs...

E nada do que disse foi para ser simpático, antes para ser justo.

Beijinhos

EAM disse...

Ela é que parece com ele que é mais velho, embora muita gente pense o contrário. Os dois são parecidos com o pai.
Realmente ele deixou o blog um pouco de lado, já está na fase final do curso e neste momento o estágio não deixa tempo para muito mais.
Beijinhos.

EAM disse...

Desculpa, entendi que era parecido com a irmã, mas afinal é bem parecido como ela. Concordo plenamente, são os dois lindos apesar de eu ser suspeita para o dizer.

Jorge Pessoa e Silva disse...

rs..rs...rs..rs..rs..

Fátima

Suspeita? Mas existem lá melhores olhos do que o de uma mãe para avaliar a beleza dos filhos?

Marisa disse...

P.B, em primeiro peço desculpa pela confusão de sexo, depois peço desculpa de novo por não ter explicado que estava a brincar. Percebi muito bem o teor do comentário, só me aproveitei dele para brincar um bocadinho com o Jorge.
E agora beijinhos aos dois que eu cá vou trabalhar que é para isso que me pagam, não para andar na net às sete horas da matina. Insónias meu amigo, insónias, rrsrs.
Beijocas e uma boa sexta feira.

Jorge Pessoa e Silva disse...

Cruzes Marisa, sete da manhã e com insónias? Vê se te cuidas, mulher. E não há aqui desculpas a pedir a ninguém. Por aqui só passa gente de altíssimo calibre.

Beijocas

P.B. disse...

Marisa... na boa, não há problema nenhum fazer confusão com o sexo, sei que a foto e o nome não ajudam muito à identificação.
O tem toda a razão, não há motivo para pedir desculpa, eu também só tentei explicar o comentário pensando que não tinha percebido.

rsrsrs... Eu também tenho insónias desse género, todos os dias, no trabalho... rsrsrs

Beijinhos

Anónimo disse...

Loja online especialista na melhor selecção de lingerie sofisticada, sexy e sensual. Uma invasão de charme, glamour e sedução.
http://www.soparaela.net/

Anónimo disse...

Loja online especialista na melhor selecção de lingerie sofisticada, sexy e sensual. Uma invasão de charme, glamour e sedução.
http://www.soparaela.net/