sábado, 1 de agosto de 2009

O ser humano é estranho



1 - Importa-se de repetir?
Este mexicano tem, de facto, um nome de todo interessante: Brhadaranyakopanishadvivekachudamani Erreh Muñoz... Consta que o nome próprio foi inspirado em duas palavras da filosofia índia, Erreh foi inventado pelo pai, Muñoz é para não parecer mal. O que me faz lembrar aquela piada de um famoso cantor, cujo apelido do pai era Paco e da mãe era Nassa. Mas Paco Nassa dava muita Bandeira...
Voltando ao mexicano, o que eu dava para ver a cara das pessoas cada vez que lhe perguntam o nome para preencher um impresso... Consta que para os amigos ficou Brada, que dizer tudo era de Bradar aos céus...





2 - É o que dá adormecer na praia...
Há gente que gosta de saber qual a sensação de se ser carne no churrasco. E eu nada tenho contra isso. Agora, convinha que alguém não se tivesse esquecido de colocar a mão no peito do homem. Giro. giro era ter ido à praia com uma amante e ter de explicar algumas coisas quando chegasse a casa...





3 - Cruzes credo
Há alturas na vida em que tentamos ter graça, mas que nem sabemos como... Apresento-vos Cathie Jung, com 38 centímetros de cintura e... e... e... bolas, que dizer sobre isto?!!!!





4 - Livro aberto?
Esta Julia Gnuse levou demasiado à letra a expressão «sou um livro aberto». De facto, a senhora transformou o corpo num livro ilustrado. Na hora do sexo, deve ser giro, já que depois do dito o homem sempre pode ficar a ler histórias...





5 - Há gente para tudo
Eu nunca fui grande fã de tatuagens, mas às vezes gosto. Em especial se for discreta, imaginativa, estrategicamente colocada. Pode até realçar a beleza de alguém. Agora, perder tempo e dinheiro para uma tatuagem destas... Haja imaginação... Ou falta dela...

12 comentários:

Equilibrista disse...

Eheh..

1- Era caso para ele processar os pais =p

2- Daqui uns anos esta gente fica com cancro e não sabe explicar o porquê...

3- Esta é simplesmente tolinha... =p

4- Eu com certeza que preferia quando ela era um livro fechado... =p

5- Será que ele depois irá tatuar o resultado do acasalamento? Será que surgiria um golcornio? ou um unifinho?

Miss Shag well disse...

Vim aqui agradecer-te....toda a minha vida me senti estranha mas, hoje, depois de ler isto, senti-me foi muito normal...eheheheheh


Bjsssssssssssssss

Jorge Pessoa e Silva disse...

rs..rs..rs..

Viva equilibrista

1 - O problema é que o homem até acha graça... Que outra hipótese tinha para os seus 15 minutos de fama? rs..rs.

2 - Só sabe exigir aos médicos para que os salvem, tendo passado a vida a fazer ouvidos de mercador ao que eles dizem...

3 - Mas sempre grante mais do que os 15 minutos de fama...rs..rs..

4 - Já somos dois. Aliás, com uma mulher assim eu perdia qualquer interesse...rs..rs...

5 - rs..rs..rs..rs..

Beijocas

Jorge Pessoa e Silva disse...

rs..rs..rs..

Viva Joana

Estranha, tu? Não acredito...rs..rs... Se bem que, nos dias de hoje, ter coração até pode parecer estranho... :-)

Beijinhos

Miss Shag well disse...

Não acho assim tão estranho ter coração nos dias de hoje...ou então, sou eu que tenho sorte e conheço muitas pessoas com um enooooooooooooooooooorme coração...nem o meu aspira a ser tão grande....eheheheh....estranho devem achar quando desató, á frente deles, aos pulinhos e a cantar: "olháqui o meu coraçãoãoãããão"!!!(metafóricamente, claro...looooooool) Acho que ficavam menos surprendidos se lhes mostrasse as maminhas...lol...mas cada um diverte-se como entende e eu sou feliz assim...rsrsrsrs...(sim, hoje também me tá a dar para o disparate...rsrsrsrsrs)


jsssssssssssssssssssss

@tt disse...

Eu até te tatuava... não digo é onde, nem o quê!!! :=D
(No caso de pagares o almoço, pode ser que reconsidere a minha atitude.)




Beijos. Dos meus!

Jorge Pessoa e Silva disse...

rs..rs..rs..


Viva Joana

É certo que se mostrasses as maminhas, muitos homens ficariam bem menos surpreendidos e até mais agradecidos...rs..rs... Mas para muitos deles, o resultado seria o mesmo: bonito de se ver, mas não sabem como ambos funcionanm...rs..rs..rs...

Claro que há exagero da minha parte, claro que há muita gente com bom coração. Tal como acho que é muito mais fácil mostrar as maminhas do que o coração. No primeiro caso a mulher não se sente tão... nua...

Eu às vezes sou radical (ou naif?) e acho que a melhor maneira de te protegeres é teres o coração à mostra. Nos sentimentos, como na vida, o ataque é muitas vezes a melhor defesa. E o ataque é teres ali o coração todo, sem grandes segredos, sem subterfúgios, sem jogos de esconde-esconde.

Poucas coisas desconcertam mais quem possa querer magoar do que encontrar um coração à mostra. Pegar por onde, se sou eu o primeiro a ter as cartas todas na mesa? Depois, claro, é uma questão de nos sabermos defender um pouco.

Os grandes traumas na vida vêm muitas vezes desses jogos escondidos, dessas mentiras com pele de verdade, da falta de honestidade.

Eu sei que tenho defeitos e virtudes. Mas está tudo à mostra e faço questão de mostrar. Talvez também porque saiba, e passe a imodéstia, de que tenho bom coração. Ao mostrá-lo, mostro-me humano e todos sabem que não mostro nem mais nem menos do que o que todos têm. Ao mostrá-lo, deixo de ser ameaça para quem quer que seja.

A transparência não é o que nos prejudica. Pela minha experiência, é também o que nos salva. Se bem que, no meu caso, é também uma questão de não saber viver de outra maneira.

Beijinhos

Jorge Pessoa e Silva disse...

rs..rs..rs..

Viva Attitude Problem

Reconsideras a tua atitude? Isso quer dizer que já não tatuavas? Bem, então não te convido só para saber que tatuagem farias....rs..rs... O pudor impede-me de perguntar onde, mesmo que a resposta seja tão inocente quanto no pescoço...rs..rs..rs...

Se o reconsiderar é contares que tatuagem, então vou pensar bem nisso...rs.rs... Mas o pudor continua a impedir-me de perguntar onde...rs..rs..rs..

Beijiiiinhos

@tt disse...

Meu querido Jorge,

Digamos que as minhas reconsiderações são negociáveis...



Beijos. Muitos.

[Boa semana!]

Jorge Pessoa e Silva disse...

Attitude Probelm

Vou então pensar na minha proposta...rs..rs..

Beijinhos

Miss Shag well disse...

Oh, Jorge...:D

Nem sei o que te diga....casas comigo? rsrsrsrsrs



Bjsssssssssssssssssssssss

Jorge Pessoa e Silva disse...

rs..rs..rs...


Joaninha


É por gostar de ti que não cometo a irresponsabilidade de dizer que sim...rs..rs..rs..rs..rs..

Beijocas