sexta-feira, 14 de agosto de 2009

Até aqui, Manuela?




Como já vos contei, no último fim de semana lá fui à santa terrinha, ali na encosta do Gerês, uma terra linda de morrer, com exuberantes paisagens verdes.

Como já não lá ia há algum tempo, fui abrandando a marcha a poucos quilómetros do fim, avivando memórias à medida que olhava para a paisagem. Que bom ter fugido de Lisboa, que bem me faz esta tranquilidade e esta verdura toda...

Lá ia eu numa estrada no meio do nada, verde de um lado, verde do outro, até que quase tenho um acidente... Sim, quase me despistei - para mais aquilo é só curvas e contra-curvas - quando dei de caras com um cartaz gigante, no meio de duas árvores e a tapar-me a vista... Uma enorme mancha laranja, a agredir o verde, e a Manuela Ferreira Leite a olhar para mim.

No cartaz, a Manuela garante que ouve os portugueses.

Senhora doutora Manuela Ferreira Leite. Se é verdade que ouve os portugueses, escute-me com atenção:

- MANDE TIRAR ESSE CARTAZ GIGANTE DESSE LOCAL ABSURDO. OS PORTUGUESES, EM ESPECIAL OS QUE AQUI VIVEM E ESTÃO DE FÉRIAS, AGRADECEM... ATÉ PORQUE, NÃO ME LEVE A MAL, A PAISAGEM É BEM MAIS BONITA DO QUE VOSSA EXCELÊNCIA. PERCEBIDO?

12 comentários:

Miss Shag well disse...

Opah...vou fazer uma birra...eu gota da Manela...e até lhe vejo uma sensualidade própria escondida...eheheheh


Bjssssssssssssssssssss

Jorge Pessoa e Silva disse...

rs..rs..rs..

Viva Joana

Olha, mais depressa votava nela do que no Sócrates, por isso estou à vontade, que nem desgosto dela. Mas escusa de ter cartazes a fazer poluição visual..

Quanto à sensaulidade, acho que está mesmo bem escondida...rs..rs..rs..

Beijinhos

Equilibrista disse...

e eu concordo em grau género e numero!!

Agora imagina lá o que seria esse cartaz sem photoshop??? =p

**

**laura** disse...

Bem, eu proponho que se eliminem todos os cartazes de todos os partidos... francamente, são tantos, grandes, médios, pequenos, em todo o lado, cartazes do PS, do CDS, do PSD e depois os cartazes das autárquicas (por acaso viste o do Mesquita Machado, em Braga? m-e-d-o), das coligações... ahhhhh, socorro! Poluição visual exagerada e agressiva...

Quanto ao resto, "uma terra linda de morrer"... :D Cá para mim, e não é por ser minhota :P, mas podemos dar a volta ao mundo, no entanto em lado nenhum encontraremos paisagens como estas :D

Bom fim-de-semana :D

Jorge Pessoa e Silva disse...

rs..rs..rs..

Equilibrista

Sem photoshop nem seria cartaz, seria filme de terror...rs..rs..rs..

Beijinhos

Jorge Pessoa e Silva disse...

Viva Laura

Olha, só tenho de gritar: e viva o Minho!!!

Agora, levei um choque mal saí de Braga (de facto, medo....rs..rs..) e na estrada que vai até Terras de Bouro e daí até à terrinha vi dezenas e dezenas de cartazes. E se numa cidade não me chocam, em aldeias e estradas de verde lindíssimo, confesso que me senti agredido. Cruzes. este agrediu-me mais porque nem havia casas ali, apenas ponto de passagem e uma paisagem linda, agredida por aquilo...

Bejinhos

Ricardo disse...

Se ela entendeu, amanhã em vez de um cartaz estarão 3 ou 4... Ela é mesmo do contra amigo Jorge! :)

Abraço

Jorge Pessoa e Silva disse...

rs..rs..rs..

Viva Ricardo

Então é melhor falar bai-xi-nho...

Abraço

D.Antónia Ferreirinha disse...

ó Jorginho, deixa lá estar o cartaz bem colocado, o verde sempre ligou bem com o laranja.
Xiu.
Não há opção. Apesar de não gostar da mulher não vou dar a vitória ao Sócrates , nem pela ponta de um caralho quanto mais por um caralho inteiro.
Quanto ao pau na publicidade sócrates eu sei de um local onde talvez eu gostasse que lho enfiassem.
Beijocas e juízo.

Jorge Pessoa e Silva disse...

rs..rs..rs..

Viva D. Antónia

Já tinha saudades dessa tua energia...rs..rs..rs..

A propósito: bela foto que puseste lá no teu blog... rs..rs..rs..

Beijocas

Ana disse...

é vdd!
qdo passei por la tb pensei mas que raio de cartaz para me porem aqui!
infelizmente não e o unico....
nunca vi tantos cartazes lá como neste ano....... malditas eleições.....
beijocas
Cristina

Jorge Pessoa e Silva disse...

Viva Cristina

Sabes bem do que falo, foste testemunha. Ainda podiam colocar um cartaz pequenino, mas não, enchem aquilo de cartazes gigantes como se as pessoas, só porque vivem na aldeia, não conseguissem ver...

Beijinhos